Exame da OAB tem três questões anuladas

Todos os candidatos receberam a pontuação relativa às perguntas que foram invalidadas

iG São Paulo | 05/08/2011 14:26

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

A coordenação do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Fundação Getulio Vargas, que aplica a avaliação, anularam três questões da prova objetiva da primeira fase, realizada no dia 17 de julho. Todos os candidatos receberão as pontuações relativas às perguntas que não estão mais valendo no primeiro exame da Ordem este ano. O exame é obrigatório aos bacharéis em Direito para obtenção do registro da profissão.

No caderno de prova tipo 1, recebido por parte dos candidatos, as questões anuladas são as de número 34, 64 e 79. As mesmas perguntas correspondentes foram invalidadas nos cadernos tipo 2, 3 e 4. O gabarito oficial divulgado pela FGV continua o mesmo para as demais questões.

Veja o caderno de provas 1
Veja o caderno de provas 2
Veja o caderno de provas 3
Veja o caderno de provas 4

Este ano, o exame teve uma redução no número de questões de 100 para 80. A maior parte dos candidatos entrevistados pelo iG em São Paulo consideraram a prova mais fácil do que a anterior. Os aprovados na primeira fase farão uma segunda etapa em 21 de agosto com redação de uma peça profissional e quatro questões.

O último exame de 2010 teve menos de 10% de aprovados, o que causou polêmica. A OAB diz que o resultado é consequência do baixo nível de qualidade das faculdades, enquanto bacharéis críticos ao exame rebatem acusando  a OAB de dificultar as provas para manter uma reserva de mercado.

A obrigatoriedade do exame será julgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG


Ver de novo