BRASÍLIA - Alunos do Centro Educacional General Calazans, da cidade de Nossa Senhora das Dores (SE), apresentaram na última quinta-feira o protótipo de um foguete recuperável, lançado no gramado lateral do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, onde se realiza da 2ª Feira Nacional de Ciências da Educação Básica (Fenaceb).

(Imagem/Agência Brasil-Marcello Casal Jr.)

O projeto, chamado Hermes, foi desenvolvido ao longo de três anos pelo professor de física Nilton Silva e quatro alunos. Dois deles vieram a Brasília para o lançamento do foguete, impulsionado por pressão hidráulica gerada a partir da mistura de água e bicarbonato de sódio.

Nós começamos com um foguete que não tinha esse aparato todo, ele apenas decolava e quando voltava se espatifava no chão. Então nós pensamos em maneiras para evitar isso e colocamos dois pára-quedas. Nosso objetivo é construir um mais avançado, aperfeiçoar a cada dia, explicou o estudante Vismonde do Santos Leite.

O programa AEB Escola, da Agência Espacial Brasileira, apoiou o projeto ao enviar para a escola folhetos e material informativo. O objetivo do programa é esse mesmo, desenvolver atividades sobre a temática espacial na sala de aula e contribuir para despertar nos jovens o interesse por ciência e tecnologia", apontou Ivete Rodrigues, gestora do programa.

O projeto é um dos 170 expostos na Fenaceb, que faz parte da programação da 1ª Conferência Nacional da Educação Básica (Coneb), que será encerrada nesta sexta-feira. Os trabalhos de estudantes de quase todos os estados envolvem da reciclagem do lixo à reutilização de resíduos do biodiesel.

Leia mais sobre: Coneb - foguete - estudantes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.