BRASÍLIA - Alunos de escolas públicas e particulares de Brasília participam nesta sexta-feira da comemoração do 60º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) e do Dia da Organização das Nações Unidas (ONU), no auditório do Memorial JK.

Acordo Ortográfico

O evento Direitos Humanos: Proposta Jovem é promovido pelo Sistema das Nações Unidas no Brasil e pela União Europeia, com o apoio do Governo do Distrito Federal. Durante a cerimônia, 60 estudantes, organizados em 30 duplas, vão rever os artigos da Declaração sob uma perspectiva de gênero e raça. Cada dupla, formada por jovens do sexo feminino e masculino, interpretará artisticamente os artigos e formulará recomendações para implementar a DUDH em suas comunidades.

Seis escolas públicas foram selecionadas seguindo critérios geográficos no Distrito Federal. Participam unidades do Plano Piloto, Taguatinga, Sobradinho, Ceilândia, Gama e Planaltina. Além delas, dois colégios particulares integram a ação: a Escola das Nações e a Escola Francesa.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi proclamada e adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas no dia 10 de dezembro de 1948. O Dia da ONU marca a data em que a Carta das Nações Unidas entrou em vigor, em 24 de outubro de 1945.

Leia mais sobre: Direitos humanos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.