Estudantes brasileiros realizam sonho universitário na Rússia

Atenção! Os interessados em estudar fora do Brasil já podem recorrer à Aliança Russa para realizar o seu sonho universitário. Quer saber como?

Redação iG Educação |

Os candidatos a estudar na Rússia devem passar por um processo seletivo avaliado pela universidade de sua escolha e administrado pela Aliança Russa, que inclui reunião com os pais, análise de histórico escolar, exames de saúde, exames toxicológicos e checagem de antecedentes criminais, tudo para garantir que o aluno se encaixe no perfil da faculdade.

Ao voltar para o Brasil, o diploma adquirido na Rússia passa por um processo de reconhecimento em uma universidade brasileira, procedimento padrão para qualquer graduação realizada em centros de ensino estrangeiros. Segundo a Aliança Russa, a partir de 2010, os diplomas passarão a ser reconhecidos em toda União Europeia (o chamado Diploma Único de Estudos Superiores da Europa).

Mesmo sendo um destino incomum, muitos jovens brasileiros encontraram na Rússia a possibilidade de realizar o sonho de estudar medicina, como conta a estudante Mônica Maciel, de 18 anos, que deixou Curitiba para enfrentar um país desconhecido. Prestei vestibular em algumas faculdades públicas aqui no Brasil, mas não fui aprovada, pois a concorrência é muito grande. Pesquisei na internet e descobri que estudar medicina na Rússia é mais fácil que no Brasil, comenta.

Desde 2005, a Aliança Russa é a representante oficial das principais universidades russas no Brasil. Seu trabalho consiste na seleção dos candidatos, no processo de orientação da faculdade, na obtenção da documentação necessária para o visto da permanência legal do estudante na Rússia, na entrega da vaga e posterior inscrição na universidade, no encaminhamento do aluno para Faculdade Preparatória (FP) e para o primeiro ano do curso escolhido e na assessoria durante a viagem até a chegada do estudante ao seu local de destino.

Leia mais sobre: Rússia

    Leia tudo sobre: graduaçãorússiauniversidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG