Estados e municípios devem elaborar plano de carreira para professores até dezembro

BRASÍLIA - Até 31 de dezembro de 2009, Estados e municípios devem elaborar planos de carreira para professores e profissionais da educação básica da rede pública. Nesta sexta-feira, o Conselho Nacional de Educação (CNE) publicou as diretrizes para esse planos. A lei que estabeleceu o piso nacional do magistério já previa essa exigência.

Agência Brasil |

O plano de carreira deve incluir questões como a progressão funcional, a formação inicial e continuada, o processo de escolha de diretores das escolas e o número máximo de alunos por turma. Um plano de carreira bem estruturado é apontado por especialistas em educação como fator determinante para atrair bons profissionais para a carreira.

Governadores e prefeitos devem enviar os projetos às assembleias legislativas e câmara de vereadores. O Ministério da Educação (MEC) recomendou que pais, professores e a comunidade participem das discussões sobre o plano. A resolução do CNE está disponível no Diário Oficial da União.

Veja também:

 - Lula lança programa R$ 1 bilhão para formação de 330 mil professores


Leia mais sobre: Professores

    Leia tudo sobre: professorprofessores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG