Número de analfabetos se mantém estável em 2008 http://educacao.ig.com.br/us/2009/09/18/nordeste+ainda+tem+o+maior+indice+de+pessoas+que+nao+sabem+ler+e+escrever+8517914.htmlNordeste ainda tem o maior índice de pessoas que não sabem ler e escrever" / Número de analfabetos se mantém estável em 2008 http://educacao.ig.com.br/us/2009/09/18/nordeste+ainda+tem+o+maior+indice+de+pessoas+que+nao+sabem+ler+e+escrever+8517914.htmlNordeste ainda tem o maior índice de pessoas que não sabem ler e escrever" /

Escolas públicas concentram maioria dos alunos do ensino fundamental e médio

RIO DE JANEIRO E BRASÍLIA - Embora muitas famílias optem pela qualidade do ensino nas escolas privadas, a maioria dos estudantes no Brasil está matriculada em estabelecimentos públicos, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domícilio feita com base no ano de 2008, divulgada hoje (18). http://educacao.ig.com.br/us/2009/09/18/numero+de+analfabetos+se+mantem+estavel+em+2008+8517909.htmlNúmero de analfabetos se mantém estável em 2008 http://educacao.ig.com.br/us/2009/09/18/nordeste+ainda+tem+o+maior+indice+de+pessoas+que+nao+sabem+ler+e+escrever+8517914.htmlNordeste ainda tem o maior índice de pessoas que não sabem ler e escrever

Agência Brasil |

No ano passado, as escolas mantidas pelos governos atendiam cerca de 79,2% dos estudantes de 4 anos ou mais de idade. No ensino fundamental público estavam matriculados 88% dos alunos e no médio, 86,5%.

No ensino superior, entretanto, ocorreu o inverso: 76% dos estudantes estudavam nas faculdades privadas, número que cresceu 0,4 ponto percentual de 2007 para 2008.

Para o ministro da Educação, Fernando Haddad, era esperado o início de uma reversão desse quadro no ensino superior, com aumento das matrículas em instituições públicas. Isso porque o Ministério da Educação está expandido a rede de escolas técnicas e praticamente dobrou as vagas das universidades federais por meio do Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni).

Mas a gente tem observado uma queda nas matrículas nas universidades estaduais e municipais. Com isso, é como se houvesse uma contrapartida negativa em função de um acanhamento dessas instituições públicas. Nós vamos divulgar em breve o censo do ensino superior e poderemos comprovar se isso está ocorrendo, completou Haddad.

No Norte, a proporção de estudantes em escolas privadas era inferior à das demais regiões do país, em todos os níveis. No Sudeste (24,5%) e no Centro-Oeste (24,3%), os índices são os mais elevados.

    Leia tudo sobre: ensinoensino públicomec

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG