Escolas participam de seminário sobre práticas tecnológicas em Florianópolis

Iniciativa da Brasil Telecom em parceria com a Secretaria Estadual e Secretarias Municipais de Educação reunirá educadores para definir próximas etapas e inauguração de novas Oficinas Digitais.

Redação |

Acordo Ortográfico

Inclusão digital. É com este objetivo que a Brasil Telecom desenvolve em todo o País o projeto de Educação Digital que, por meio de oficinas digitais, visa capacitação de professores e alunos para que utilizem tecnologia de ponta em sala de aula, nas áreas de informática e telecomunicações, em escolas públicas das regiões Sul, Centro-Oeste e Norte do País.

Em Santa Catarina, desde abril, estão em funcionamento cinco oficinas digitais instaladas em escolas públicas nas cidades de Florianópolis, Blumenau, Balneário Camboriú e Joinville.

Para detalhar os resultados e propiciar a troca de experiências dessas escolas da rede pública de ensino com o projeto, é que a Brasil Telecom promoveu na capital o primeiro Seminário Estadual de Práticas Tecnológicas nas Oficinas Digitais.

O evento aconteceu no dia 21 de outubro, no auditório da Brasil Telecom. Na ocasião, os educadores vão debater sobre as próximas etapas do projeto, bem como conhecer o cronograma de inauguração de novas oficinas.

Sobre o projeto

O projeto Educação Digital foi concebido pela Brasil Telecom em parceria com Secretarias de Educação de Estados e municípios. Promove a capacitação de professores e alunos para que utilizem em sala de aula tecnologia de ponta em informática e telecomunicações, nas escolas públicas das regiões Sul, Centro-Oeste e Norte do País.

O programa tem como objetivo promover melhoria na qualidade e na produtividade da educação pública brasileira pela implantação de Tecnologias da Comunicação e Informação no ambiente escolar. Foi estruturado a partir de experiências existentes, aproveitando as melhores práticas conhecidas e eliminando os problemas mais recorrentes. O programa conta ainda com o apoio do portal iG, da Intel e da Microsoft. O público alvo é formado por crianças e jovens em idade escolar que estejam cursando o ensino fundamental e médio.

Veja também:

Leia mais sobre: Educação Digital

    Leia tudo sobre: educação digital

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG