Entenda como funcionam os colégios americanos

Matérias especiais, esporte levado a sério, horários alternativos e um ano letivo totalmente diferente do das escolas brasileiras. Saiba tudo sobre o colegial nas escolas americanas.

Aline Vieira |

Ensino médio no Brasil é sinônimo de pouco tempo de férias, matérias bastante abrangentes e revisão pesada durante três anos seguidos, tudo para conseguir passar no vestibular e entrar numa boa universidade. Nos Estados Unidos, onde o sistema educacional é totalmente diferente do nosso, os anos de preparação para entrar numa faculdade podem ser menos desgastantes.

O colegial americano é feito em quatro anos (9ª, 10ª, 11ª e 12ª séries). Os estudantes são divididos em categorias: os "freshman" são primeiro anistas, os "sophomore" são segundo anistas, os "junior" são terceiro anistas e os "senior" são quarto anistas. Assim como os veteranos aqui no Brasil, ser senior lá fora é motivo de orgulho. Todo mundo não vê a hora de ser sênior. É mais uma questão de ego mesmo, diz a ex-intercambista Larissa Vargens, de 17 anos.

O sistema educacional no país permite, em geral, que o próprio aluno escolha o que quer cursar a cada semestre. Lá as matérias são mais focadas: o estudante pode optar, por exemplo, por cursar "estatística", ao invés de toda a matéria de matemática, ou ter aulas de "meio ambiente", ao invés de biologia geral.

Apesar dessa liberdade de escolha, cada escola e cada estado tem suas regras de educação. Na maioria dos colégios, são requeridas matérias relacionadas a Ciências, Ciências Sociais, Inglês e pelo menos dois anos de Educação Física no decorrer do curso. Quando cheguei, tive que fazer matemática e química, obrigatoriamente, e escolhi as outras matérias. Em educação física, faço levantamento de peso e corrida, conta o também intercambista Bruno Leal, de 16 anos. Mas eu acho que deixar o aluno escolher o que quer fazer só parece melhor. Quem quiser relaxar aqui, é fácil. Dá pra passar de ano sem precisar se esforçar muito, completa o estudante.

Os estudantes da 3ª série (11th Grade) do Ensino Médio geralmente optam por fazer o "SAT Reasoning Test", exame que define se o aluno está ou não preparado para entrar numa universidade. Esse teste é pago - custa $45 - e é dividido em testes de matemática, leitura, compreensão e crítica e também escrita. Cada uma dessas seções da avaliação vale de 200 a 800 pontos.

No ano da 3ª e 4ª série, os alunos também têm a tradicional festa de conclusão e formatura. Os juniors comemoram a passagem para o último ano, enquanto os seniors festejam a graduação no ensino médio. A "Prom Party", como é chamada em vários países de língua inglesa, é levada muito mais a sério do que no Brasil. Os alunos contratam limusines para ir à festa, se vestem como se estivessem indo ao Oscar e convidam sempre alguém do sexo oposto para serem seu par.

A minha prom party foi demais. Minhas amigas e eu fomos comprar vestidos juntas e até passamos um dia inteiro no salão de beleza. Pensava que tudo aquilo que mostravam nos filmes era exagero, mas o americanos dão muito valor pra isso. É como se fosse a última chance de ser adolescente, sabe?, diz Larissa.

Além disso, o ano escolar americano começa no fim de agosto e termina em maio. As férias e pausas ocorrem geralmente por 3 semanas nos feriados de final de ano, por 1 ou 2 semanas no "Springbreak", para a chegada da primavera, e 2 meses de férias de verão.

O horário de aulas é dividido por períodos. Cada um desses períodos pode variar entre 30min e 1h30. Podem existir duas aulas de diferentes assuntos em apenas um período. Nos EUA, os alunos do colegial não têm opção de escolher se querem estudar de manhã, a tarde ou a noite. As aulas geralmente começam as 7h45 e vão até as 2h45, tendo também um "lunch break" ("intervalo").

Assim como no Brasil, quem desrespeita as regras da escola é sujeito a punições e castigos . A "detention" ("detenção"), porém, é mais rígida nos colégios americanos. Os alunos são obrigados a ficar na escola até mais tarde, perder intervalos e, em casos mais complicados, ir para a escola aos finais de semana. Conversar e dormir durante as aulas, não entregar deveres de casa, atrasar e falar palavrões podem ser motivos suficientes para pegar uma "detention".

Leia mais sobre: Colégios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG