Entenda a temporada de furacões que começa com o Bertha

Bertha não é uma governanta alemã malvada, mas inspira medo em toda a população do Caribe. Ela é apenas um vento giratório, formado no mar, com mais de 240 quilômetros por hora - mais conhecido como furacão - que está se aproximando das Bermudas.

Redação |

A região afetada pelo furacão, que abrange também o Golfo do México e sul dos EUA, é conhecida como setor das tempestades severas. O Bertha é o 1º furacão que assola a área neste ano e, até o final da temporada (com início em 1º de junho e prevista para acabar em 30 de novembro), devem vir mais oito grandes ventanias.

Por que Bertha?

Os furacões e as tempestades tropicais recebem um nome sempre que seus ventos atingem a velocidade de 62 km/h. Aquela velha história de que os furacões recebem apenas nomes de mulheres por terem o mesmo poder de destruição é uma grande balela: existe uma lista de 126 nomes, mantida por um comitê internacional, com metade de nomes masculinos e metade femininos.

Os nomes se repetem a cada seis anos e seguem uma ordem alfabética. Assim, você pode contar nos dedos e verificar que Bertha deveria ser o 2º furacão, já que ele não começa com a letra A, mas seu antecessor Arthur, se formou no Atlântico em 31 de maio, antes do início oficial da temporada de furacões.


Quando um furacão causa danos muito grandes, seu nome é retirado da lista. Desde que foi criada a lista, 48 nomes foram retirados. O primeiro a deixar a lista foi Hazel em 1954 e o último foi o Noel, no ano passado. O famoso Katrina também foi retirado da lista em 2005.

 - Consulte a lista de nomes retirados da lista de furacões

Antecipe-se e veja no site da World Meteorological Organization os nomes dos furacões que circularão pelo mundo até 2013

A intensidade dos furacões :

Existe uma escala que mede o poder de destruição dos furacões a partir da intensidade dos ventos. A escala vai de 1 a 5, sendo o quinto grau o mais violento e arrasador.

Categoria 1 - ventos entre 119 e 153 km/h
Categoria 2 - ventos entre 154 e 177 km/h
Categoria 3 - ventos entre 178 e 209 km/h
Categoria 4 - ventos entre 210 e 249 km/h
Categoria 5 - ventos maiores que 249 km/h


O Katrina foi considerado por alguns meteorologistas como um furacão de categoria 5. Antes dele, somente 3 furacões de categoria 5 atingiram a região no século passado, sendo um sem nome, que atingiu a Flórida em 1935, o Furacão Camille em 1969 e o Furacão Andrew em 1992.

O Bertha atinge nesta quinta-feira intensidade de 185 km/h, ficando na categoria 3.

Mas antes de sair comprando água e provisões, veja onde está o  Bertha neste momento e sua intensidade .

    Leia tudo sobre: apolo 11fenomenos naturaisfuracãogeografia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG