Só 0,2% das vagas ofertadas via Sisu ficaram sem aprovados

Ao todo, 176 vagas não tiveram candidatos. Maioria dos cursos teve sobra de apenas uma vaga. Veja lista de convocados e cronograma

Cinthia Rodrigues, iG São Paulo |

Das 83.125 vagas de ensino superior oferecidas via Sistema de Seleção Unificada (SiSU) neste primeiro semestre de 2011, apenas 176 não receberam inscrições. O número equivale a 0,2% do total ou a dizer que um em cada 500 lugares oferecidos nas instituições – todas públicas – continua em aberto.

O total de vagas remanescentes deve crescer depois do próximo dia 31 quando termina o prazo para os 82.949 aprovados na primeira chamada se matricularem. Serão somadas a estas 176 vagas, que já não tiveram procura, todas as outras em que a matrícula não for efetivada pelo inscrito ( veja cronograma abaixo ).

Se não houver interessado nestes postos também nas próximas chamadas, cada instituição decidirá o que fazer com o lugar vago. O Ministério da Educação (MEC) diz que não fez levantamento exato de onde estão as vagas remanescentes. Pesquisa do iG mostra que, em geral, há apenas uma que não foi preenchida em cada um dos poucos cursos que não chegaram a ter aprovados suficientes.

Uma vaga aqui, outra ali
No Instituto Federal de Educação (IF) Baiano, por exemplo, entre os 40 lugares oferecidos no curso de Química do Campus Catu, 39 tiveram candidatos aprovados na primeira chamada. O mesmo ocorreu com Zootecnia no Campus Santa Inês.

No IF do Tocantins apenas o curso de Gestão de Tecnologia da Informação do campus Paraíso teve um candidato classificado a menos do que as 20 vagas ofertadas.

O Ministério da Educação antecipou a divulgação da lista de aprovados no SiSU para o último domingo, 23. Veja lista aqui .

A documentação necessária para a matrícula pode variar em cada instituição e está disponível no boletim individual, em que cada candidato constata sua aprovação ou na própria instituição a que se classificou.
Os estudantes que foram selecionados para o curso que escolheram como primeira opção não serão convocados nas chamadas posteriores. Quem passou na segunda opção ainda pode ser chamado para a primeira se houver desistência.

Dos 3,3 milhões de pessoas que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio, apenas 1.080.194 se inscreveram no SiSU. Muitos reclamam que falhas no sistema impossibilitaram o processo, mas o MEC argumenta que a maioria prestou o exame apenas para tentar bolsa no Prouni ou conseguir certificação do Ensino Médio.

    Leia tudo sobre: sisuenemconvocadosremanescentesprimeira chamada

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG