SiSU registra 357 mil inscrições no primeiro dia

Estudante terá limite de 20 minutos para se inscrever. Notas de corte foram divulgadas

iG São Paulo |

O primeiro dia de inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), no domingo, 16, terminou com mais de 357 mil inscrições – cada estudante pode se inscrever em duas opções –, segundo balanço do Ministério da Educação (MEC) divulgado nesta segunda-feira. O sistema, criado pelo MEC, distribui 83.215 vagas, em 83 instituições públicas, a partir das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

No domingo, o sistema apresentou problemas durante todo o dia. Segundo o Ministério da Educação, a lentidão – e em alguns momentos a total inacessibilidade – se deve à elevada audiência. O hot site do SiSU chegou a receber 47 mil acessos simultâneos e a página de inscrição, 84 mil.

Na manhã desta segunda-feira, 17, a média de inscrições chegou a 400 por minuto — a capacidade do sistema é de 50 mil inscrições por hora, ou 833 por minuto. Quando esse número é superado, ocorre a tendência de lentidão. Por isso, o MEC recomenda que as simulações sejam feitas no hot site e o acesso à página de inscrição, em momento propício.

Limite de tempo

Nesta segunda-feira, o MEC criou um limitador de tempo para o acesso. O estudante terá 20 minutos para movimentar a página e fazer as opções e a inscrição. Caso a mantenha apenas aberta, sem movimentação, ela será fechada em dez minutos. Com a medida, o MEC pretende limitar a navegação excessiva na página de inscrição e melhorar o acesso para os estudantes. As simulações podem ser feitas no hot site, sem limite de tempo.

Pelas regras do SiSU, o estudante pode se inscrever em até dois cursos – um deles deve ser selecionado como primeira opção. Quem for aprovado no curso de primeira opção, é automaticamente retirado do sistema. Caso não faça a matrícula na instituição para a qual foi selecionado, perde a vaga.

O estudante que for selecionado para a segunda opção ou não atingir a nota mínima para nenhum dos dois cursos escolhidos pode permanecer no sistema e ser convocado nas chamadas seguintes, a critério da instituição de ensino.

Notas de corte

Durante o período de inscrições, que começou no domingo (16) de madrugada e irá até as 23h59 do dia 20, as opções de curso podem ser alteradas. Nesta segunda, o sistema divulgou as notas de corte de cada curso para que os estudantes tenham mais chance de aprovação. O mesmo será feito nos próximos dias. Depois disso, não. Por isso, os candidatos precisam estar atentos aos últimos registros salvos no sistema.

Para se inscrever, o estudante dever entrar no site do SiSU (sisu.mec.gov.br/index.html) e informar o número de inscrição e senha no Enem 2010 para preencher o formulário. Quem não souber a senha, pode recuperá-la pelo site do Enem (www.enem.inep.gov.br). É preciso observar se o curso pretendido oferece cotas para afro-descendentes ou egressos de escolas públicas, por exemplo, e escolher a que tipo de vaga quer concorrer.

Para participar, o critério essencial é ter feito o Enem 2010 e não ter zerado nenhuma das provas. Nenhuma taxa é cobrada do candidato.

    Leia tudo sobre: SisuEnemVestibularinscrições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG