Sisu já tem 2,2 milhões de inscrições

Sistema que seleciona alunos pela nota do Enem para instituições públicas de ensino superior tem mais de 1,1 milhão de candidatos

iG São Paulo |

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC) bateu a marca de 2,2 milhões de inscrições. Até as 18h de segunda-feira (9), o sistema havia recebido as inscrições de 1.191.290 candidatos a vagas em instituições públicas de educação superior. Como o estudante tem direito a fazer pelo menos duas opções de curso, o total de inscrições nos últimos três dias, desde a zero hora de sábado (7), chegou a 2.299.733.

O número já é superior ao do primeiro processo seletivo de 2011, no qual foram registradas 1.080.194 pessoas e 2.020.157 inscrições. O período de inscrições acaba no próximo dia 12, às 23h59. Quem for aprovado em sua primeira opção é automaticamente retirado do sistema.

O Estado do Rio de Janeiro segue na liderança com o maior número de inscrições, 292.963 registros. Na sequência estão Minas Gerais, 253.025; São Paulo, 198.582; Ceará, 173.128; Rio Grande do Sul, 156.436; Bahia, 135.204 e Pernambuco, 126.825 inscrições.

O acesso ao sistema é feito pelo site do Sisu

Ao todo, 3.327 cursos de 95 universidades e institutos públicos usarão o sistema para ingresso. São 42 universidades federais, 13 instituições estaduais e 39 institutos federais de educação profissional, além da Escola Nacional de Ciências Estatísticas, administrada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

As regiões com mais oportunidades são o Nordeste e Sudeste, que oferecem respectivamente 34,66% e 33,09% das vagas. Menos de 5% das vagas estão no Norte; 12,88%, no Centro-Oeste e 14,5%, no Sul. Minas Gerais e Rio de Janeiro são os Estados com o maior número de instituições participantes: 15 em cada. Nenhuma instituição do Distrito Federal aderiu a esta edição do Sisu.

- Consulte as vagas do Sisu por município, instituição ou curso

Os estudantes interessados em concorrer às vagas deverão acessar o sistema entre 7 e 12 deste mês e escolher duas opções de curso, indicando a sua prioridade. Diariamente, o sistema divulgará a nota de corte preliminar de cada curso com base na nota do Enem dos candidatos que pleiteiam as vagas. Durante esse período, o participante pode alterar essas opções se achar que tem mais chances de ser aprovado em outro curso ou instituição. Porém, experiências anteriores, mostram que a nota de corte da primeira chamada tende a cair significativamente.

Haverá duas etapas conforme quadro abaixo. Após as duas etapas, caso ainda haja vagas disponíveis, o sistema gera uma lista de espera que será disponibilizadas para as instituições de ensino preencherem as vagas remanescentes. O candidato interessado em participar dessa lista deverá pedir a inclusão entre 26 de janeiro e 1° de fevereiro. 

Somente os estudantes que participaram da última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem se candidatar às vagas pelo sistema. Confira cronograma na tabela abaixo:

    Leia tudo sobre: sisueneminfográfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG