SiSU divulga notas de corte dos cursos

Estudante pode saber em quais cursos terá mais chances de ser aprovado. Candidato tem limite de 20 minutos para se inscrever

iG São Paulo |

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) divulgou em seu site nesta segunda-feira (17) as notas de corte de todos os cursos das 83 instituições de ensino superior públicas que utilizaram a ferramenta para selecionar estudantes. O sistema, criado pelo Ministério da Educação (MEC), distribui 83.215 vagas, em 83 instituições públicas, a partir das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

- Veja as notas de corte do SiSU (hot site está instável)

Desde domingo, primeiro dia de inscrições, a página apresenta problemas de instabilidade. Segundo o Ministério da Educação, a lentidão – e em alguns momentos a total inacessibilidade – se deve à elevada audiência. O hot site do SiSU chegou a receber 47 mil acessos simultâneos e a página de inscrição, 84 mil.

Na manhã desta segunda-feira, a média de inscrições chegou a 400 por minuto — a capacidade do sistema é de 50 mil inscrições por hora, ou 833 por minuto. De acordo com o MEC, quando esse número é superado, ocorre a lentidão. Por isso, o ministério recomenda que as simulações sejam feitas no hot site e o acesso à página de inscrição, somente no momento final.

Limite de tempo

O MEC criou um limitador de tempo para o acesso nesta segunda-feira. O estudante terá 20 minutos para movimentar a página e fazer as opções e a inscrição. Caso a mantenha apenas aberta, sem movimentação, ela será fechada em dez minutos. Com a medida, o MEC pretende limitar a navegação excessiva na página de inscrição e melhorar o acesso para os estudantes. As simulações podem ser feitas no hot site, sem limite de tempo.

Pelas regras do SiSU, o estudante pode se inscrever em até dois cursos – um deles deve ser selecionado como primeira opção. Quem for aprovado no curso de primeira opção, é automaticamente retirado do sistema. Caso não faça a matrícula na instituição para a qual foi selecionado, perde a vaga.

O estudante que for selecionado para a segunda opção ou não atingir a nota mínima para nenhum dos dois cursos escolhidos pode permanecer no sistema e ser convocado nas chamadas seguintes, a critério da instituição de ensino.

Notas de corte

Com a informação das notas de corte, somada ao boletim de desempenho no Enem , os estudantes podem saber em quais cursos têm chances de aprovação. O sistema disponibiliza também a relação candidato/vaga (determinada pelas inscrições realizadas no dia anterior), notas de corte para as políticas afirmativas (cotas) e as maiores notas alcançadas pelos candidatos concorrentes. A nota de corte dos cursos considera o peso atribuído a cada uma das provas do Enem pelo curso ou pela instituição.

Durante o período de inscrições, que começou no domingo (16) de madrugada e irá até as 23h59 do dia 18, as opções de curso podem ser alteradas. Nesta segunda, o sistema divulgou as notas de corte de cada curso para que os estudantes tenham mais chance de aprovação. O mesmo será feito na terça-feira. Depois disso, não. Por isso, os candidatos precisam estar atentos aos últimos registros salvos no sistema.

Para se inscrever, o estudante dever entrar no site do SiSU (sisu.mec.gov.br/index.html) e informar o número de inscrição e senha no Enem 2010 para preencher o formulário. Quem não souber a senha, pode recuperá-la pelo site do Enem (www.enem.inep.gov.br). É preciso observar se o curso pretendido oferece cotas para afro-descendentes ou egressos de escolas públicas, por exemplo, e escolher a que tipo de vaga quer concorrer.

Para participar, o critério essencial é ter feito o Enem 2010 e não ter zerado nenhuma das provas. Nenhuma taxa é cobrada do candidato.

Os cursos mais disputados no SiSU

Curso  Instituição  Inscritos Nota de Corte Candidato/vaga
 Medicina  Universidade Federal do Ceará (UFCE)  7.680  769,50* 32,58*
 Ciência e tecnologia Universidade Federal do ABC (UFABC) 6.495 681,12* 4,02*
 Medicina Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)  3.786 788,70* 29,34*
 Direito Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)  3.724 737,12* 14,19*
 Medicina  Universidade Federal de Pelotas (UFPel)  3.487  769,20 32,07
 Engenharia de produção  Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)  3.156 768,29* 26,63*
 Direito Universidade Federal do Ceará (UFCE)  2.994 735,44* 15,68*
 Medicina  Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) 2.647 786,54 63,13
 Medicina Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio)  2.431 780,18 29,34
 Direito  Universidade Federal do Maranhão (UFMA)  2.405 739,60* 22,44*
Fonte: Ministério da Educação/Site SiSU

*Cursos com mais de uma opção de horário ou campus. Números se referem à maior concorrência e à maior nota
** Informações apuradas em 17/01/2010

Lentidão e reclamações

No primeiro dia de inscrições, o sistema apresentou problemas durante todo o dia. Segundo o Ministério da Educação, a lentidão do sistema – e em alguns momentos a total inacessibilidade – se deve à elevada audiência. Desde as 18h do domingo, segundo a assessoria de imprensa do MEC, são realizadas de 350 a 400 inscrições por minuto e o site se estabilizou. Os estudantes, no entanto, relatam que continuam enfrentando dificuldades para finalizar o processo na noite de domingo.

Pelas redes sociais, como o Twitter, Facebook e Orkut, ou em notícias publicadas pelo iG Educação, estudantes relatam que não conseguem acessar o portal ou ir até o fim nas etapas necessárias para concorrer a uma das 83.215 vagas, distribuídas em 39 universidades federais, cinco estaduais, 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e a Escola Nacional de Ciências Estatísticas, ligada ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No Twitter, muitos já apelidaram o site de “Sistema Impossível de Ser Utilizado”.

Inscrições prorrogadas

O MEC decidiu estender o prazo de inscrição do SiSU, previsto para acabar nesta terça-feira (18), para quinta-feira, dia 20. A prorrogação foi definida depois que Justiça determinou que a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) deveria mudar o critério de reserva de vagas para a instituição e estender o prazo de inscrição.

Antes restrita aos alunos de escolas daquele estado, as cotas da UFRJ foram ampliadas aos da rede pública de todo o País. A direção da UFRJ decidiu não recorrer e cumprir integralmente a decisão da Justiça, que também prevê a mudança no prazo de inscrição. Em função disso, o MEC decidiu prorrogar as inscrições do SiSU até o dia 20, às 23h59.

Nas próximas horas, será divulgado novo cronograma de datas das inscrições no Programa Universidade para Todos (ProUni) e das matrículas nas universidades federais e nos institutos federais de educação, ciência e tecnologias.

    Leia tudo sobre: MECSisuinscriçõesproblemasnotas de corte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG