Nova prova do Enem será realizada até dezembro

Cerca de 2 mil pessoas que receberam provas manchadas poderão fazer outro teste entre final deste mês e o começo do próximo

iG Brasília |

Segundo apurou o iG, os erros de impressão que impediram a leitura de algumas provas prejudicaram cerca de 2 mil estudantes. O Ministério da Educação (MEC) deve deixar estes inscritos fazerem um novo exame no final de novembro ou começo de dezembro.

Segundo o MEC, um lote inferior a 1% do total das provas do caderno amarelo apresentou problemas de impressão. Deste total, parte dos estudantes recebeu um novo exemplar do caderno de questões e uma minoria "deixou de ter o caderno substituído ou se recusou a substituir a prova". De acordo com o órgão, o Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais deverá receber nos próximos dias os relatórios de aplicação das provas, de todos os locais e terá a quantia exata de prejudicados.

O Inep irá analisar caso a caso e, ficando comprovado que o erro impedia a leitura ou causava perda de tempo, estudará uma forma de reaplicar a prova.

Erros do Enem 2010

Além dos erros de impressão, o gabarito de todas as provas do primeiro dia dizia que as perguntas de 1 a 45 eram de Ciências da Natureza, enquanto na prova as perguntas eram de Ciências Humanas. A maioria dos fiscais orientou os candidatos a responder conforme o número, mas alguns disseram para os alunos inverter a ordem das respostas. Segundo o Inep, quem respondeu de forma diferente poderá informar isso em um site a ser lançado na quarta-feira desta semana e terá a correção feita conforme tiver preenchido.

    Leia tudo sobre: Enemprovaerro de impressãonova prova

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG