Lula: falha no Enem não tirará ninguém da universidade

Presidente afirma que, se for necessário, haverá novas provas para garantir a avaliação

iG São Paulo |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a defender nesta quarta-feira a existência e a importância do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e disse que, se for necessário, haverá novas provas para garantir a avaliação. "Se tem problema no Enem vai ser consertado. Damos duas garantias para os estudantes: que vamos investigar o que aconteceu e que nenhum jovem vai deixar de entrar na universidade por causa de problema com o Enem", disse.

A declaração do presidente foi dada pouco antes de ele embarcar de Moçambique, na África, para a Coreia do Sul, onde participará da reunião do G-20 (grupo dos 20 países mais ricos e influentes do mundo). O exame foi aplicado no último fim de semana a 3,3 milhões de estudantes

A prova de sábado foi marcada por erros de impressão no cabeçalho do cartão-resposta e em parte do caderno de perguntas da cor amarela - o que havia levado a juíza da 7.ª Vara Federal no Ceará, Karla de Almeida Miranda Maia, a suspender o exame, em caráter liminar, até o julgamento do pedido de anulação do Enem protocolado pelo Ministério Público Federal do Estado (MPF-CE). Ontem, a magistrada também impediu a divulgação dos gabaritos das provas de sábado e domingo.

Sucesso

Na noite de segunda-feira, ao chegar em Maputo, Lula afirmou que “ o Enem foi um sucesso extraordinário ”. O presidente viajou à capital do Moçambique, para instalação de um campus da Universidade Aberta do Brasil no país africano. O ministro da Educação, Fernando Haddad, iria acompanha a comitiva, mas cancelou a viagem por conta dos problemas ocorridos na prova aplicada no final de semana.

O primeiro campus da Universidade Aberta do Brasil em Maputo atenderá 620 alunos e dentro de quatro anos mais sete campi deverão ser inaugurados. Os primeiros cursos serão Ciências Biológicas, Pedagogia, Matemática e Administração, com ênfase em Gestão Pública.

* Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: EnemproblemasLulanova prova

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG