Estudantes reclamam de problemas com as notas do Enem

Redações anuladas, ausência e provas sem pontuação são as principais reclamações nas redes sociais

Marina Morena Costa, iG São Paulo |

[]O Ministério da Educação (MEC) divulgou na noite da última quinta-feira (13) as notas de todos os candidatos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010, mas muitos estudantes se surpreenderam ao conferir o seu boletim de desempenho. Em sites de relacionamento como Twitter, Orkut e Facebook, os candidatos reclamam de ter tido a redação anulada, provas sem pontuação ou o status de “ausente” em um dos dias do Enem.

Jefferson Oliveira, de 24 anos, teve a redação anulada e não sabe o motivo. O estudante de São Paulo afirma ter escrito um texto de 17 linhas (o mínimo exigido é sete). “Conferi muito bem minha redação. A folha foi até conferida pelo fiscal, estava tudo em ordem. Não entendi mesmo e não tenho como pedir revisão da nota”, lamenta o candidato que quer cursar Física.

O mesmo caso aconteceu com Luiz Borges Gomide do Nascimento, de 29 anos, morador de Araraquara (SP). O estudante teve um bom desempenho nas provas do Enem, chegou a fazer 827 pontos em Matemática, mas teve a redação anulada. “Escrevi no mínimo 25 linhas, não assinei, não fiz nenhuma marcação. Tive o maior cuidado e não consigo entender o que possa ter acontecido”, alega. Luiz acredita que não conseguirá se candidatar a uma vaga em Matemática, pois precisaria ter tirado no mínimo 0,1 em Redação e sua nota consta como zero.

Há também reclamações referentes à pontuação. Murilo Borges Masalskas recebeu 300 pontos na redação não sabe o motivo. Segundo o estudante, na última edição do Enem, sua nota na redação foi bastante alta, 950 pontos, em uma escala de zero a 1.000. “Sempre escrevi muito bem, e esse ano estava convicto que tiraria pelo menos a mesma nota”, alega. Murilo diz ter explorado bem o tema e ter pontuado acima de 700 pontos nas provas.

No Twitter, o iG Educação recebeu dezenas de reclamações de estudantes. Há pessoas que afirmam ter feito as provas, mas constam como ausentes no boletim de desempenho do Enem. Este é o caso dos usuários @stefanomlp, @vitoriacunha e @joewayoflife.

O site do Enem apresentou instabilidade nesta sexta-feira que impossibilitava recuperar a senha de acesso. Após preencher todos os campos, o candidato recebia a seguinte mensagem: "Erro inesperado, por favor tente novamente mais tarde". O MEC corrigiu o erro e agora é possível recuperar a senha. A reportagem do iG testou o sistema que funcionou, após às 15h.

A assessoria de imprensa do MEC afirma que não há erro nas notas no sistema do Enem. Segundo o órgão, a anulação das redações acontece caso o candidato desrespeite alguma regra do edital, como escrever menos de sete linhas, assinar a redação ou fazer alguma marcação que seja possível identificar o autor.

Se o estudante esqueceu de assinalar a cor de seu caderno de perguntas no caderno de respostas, não é possível corrigir. Neste caso, a prova é anulada. O MEC recomenda que os estudantes com problemas entrem em contato pelo telefone 0800 616161.

    Leia tudo sobre: Enemerronotasreclamaçõesproblemas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG