Estudantes que tiveram redação anulada saberão motivos no boletim

Inep colocará nesta quinta-feira motivos que anularam a avaliação de 14 mil candidatos no boletim de desempenho de cada um

Priscilla Borges, iG Brasília |

Com a divulgação das notas dos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010, no dia 13 de janeiro, muitos jovens ficaram surpresos com os resultados . A redação, por exemplo, foi motivo de inúmeras reclamações e questionamentos dos alunos. O Ministério da Educação já havia explicado que muitos não cumpriram as determinações do edital e, por isso, haviam sido eliminados da correção da prova. Nesta quinta-feira, os estudantes saberão, finalmente, porque tiraram zero na avaliação.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai colocar a justificativa para a anulação - preenchimento incorreto do cartão, falta de marcação da cor da prova, fuga ao tema, menos de sete linhas de texto - no boletim de desempenho do candidato. Cada um poderá conferir no site do Enem a resposta do Inep. Segundo o MEC, cerca de 14 mil estudantes tiveram a prova anulada.

Justiça

Os problemas enfrentados pelos participantes do Enem - que vão além da anulação da redação ou nas notas das outras provas - foram parar na Justiça. Em diferentes estados, jovens procuraram órgãos judiciais para pedir ajuda. Uma das decisões, sobre a suspensão do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) - que distribui vagas em federais a partir das notas do Enem - deve ser tomada nesta quinta.

Além disso, o Ministério Público que o Ministério da Educação mostre a correção das provas e dê aos alunos o direito de recorrer que, por edital do Enem, foi extinto.

Último dia

As inscrições no SiSU terminam nesta quinta-feira. Até o momento, mais de 800 mil jovens conseguiram se candidatar às 83.215 vagas oferecidas pelo sistema . Os alunos enfrentaram inúmeros problemas para acessar o site e preencher o formulário de inscrições desde domingo, quando elas foram abertas.

    Leia tudo sobre: EnemSiSUensino superioruniversidades

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG