Erro no endereço do local de prova não causou atrasos no Rio

Apenas cinco pessoas chegaram após o horário e não alegaram equívoco da organização como justificativa principal

Raphael Gomide, iG Rio de Janeiro |

Fabrizia Granatieri
Bárbara França chega para fazer prova do Enem na van da organização. Ela reclamou de não ter sido avisada do endereço certo

O erro do endereço de prova nos cartões de inscrição de 1.027 candidatos no

Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

no Rio de Janeiro não teve impacto no número de atrasados que perderam a prova na Uni-Rio, na Urca.

Leia também: “Só se eu pular o muro”, diz candidata atrasada 23 minutos no Enem

Até 13:30, meia hora após o fechamento dos portões na Uni-Rio, apenas cinco pessoas chegaram atrasadas, e nenhuma atribuiu o problema diretamente à questão do cartão.

Aparentemente, a divulgação do erro, os avisos pessoais e pelos meios de comunicação, associados ao esquema de faixa, funcionários orientando e vans no endereço errado foram eficientes. Outro fator que contribuiu para minimizar a confusão provocada pelo erro foi o fato de os dois endereços serem na mesma Avenida Pasteur, na Urca, a cerca de 300 metros de distância.

O primeiro candidato a chegar após o horário permitido, caminhando, foi o eletrotécnico e aspirante a engenheiro Carlos Alberto Figueiredo, 54 anos, apenas um minuto depois do fechamento dos portões. "Já fechou?", perguntou, surpreso (veja vídeo acima).

Ele disse ter saído às 11:55 do Leblon, a 9 km do local, e ter enfrentado trânsito na Lagoa, devido a um escapamento de gás, que causou engarrafamento. Carlos recebeu ligação informando o novo lugar da prova e atribuiu o atraso a um problema no joelho, que lhe dificulta a locomoção. Ele saltou do ônibus a cerca de 1km do lugar da prova e caminhou.

A estudante do Santo Agostinho Bárbara França, 17, chegou ao local com antecedência, de van. Ela contou ter sabido do erro no cartão, mas afirmou não ter sido avisada do novo local. "Não me avisaram. Ninguém me ligou ou mandou e-mail. Soube pela TV e liguei para a Cesgranrio (que organiza a prova no Rio), mas não souberam me orientar", reclamou. Como chegou por volta das 12h20, não teve problema.

    Leia tudo sobre: EnematrasoRioUni-Riojoelhoendereçoprova

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG