Entidades estudantis pedem prova só para prejudicados

UNE e UBES defendem novo Enem opcional a todos os prejudicados

iG São Paulo |

A União Nacional dos Estudantes e a União Brasileira de Estudantes Secundaristas publicaram na noite de terça nota contra a anulação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As entidades são a favor de nova prova para todos que se sentirem prejudicados.

“Milhões de estudantes realizaram a prova em condições adequadas, prepararam-se, e a anulação da prova seria cometer uma injustiça com esta grande maioria”, diz a nota, acrescentando que defende nova prova para prejudicados. “Nenhum estudante pode ser prejudicado sob o risco de descredibilizar o Enem”.

Para eles, se não critérios objetivos para identificar estes estudantes, a prova deve ser optativa. “Se o MEC não tiver condição de determinar estes critérios, a UNE defende que o critério seja opcional, ou seja, todos aqueles que se disserem prejudicados devem ter o direito a esta nova prova. O estudante que optar por não fazer esta nova prova deve ter garantida a sua nota inicial.”

    Leia tudo sobre: EnemUneUbes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG