Enem terá 5,4 milhões de candidatos

Exame Nacional do Ensino Médio recebeu 6,2 milhões de inscrições, mas algumas foram invalidadas por falta de pagamento de taxa

iG São Paulo |

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano tem 5,4 milhões de candidatos habilitados para fazer a prova. O número é recorde para o exame e 17% maior do que o do ano passado. O total final de inscritos foi informado pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, após participar da assinatura de convênio com a Secretaria de Educação do Distrito Federal.

Mais de 6,2 milhões de estudantes fizeram a inscrição pela internet, mas o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) aguardava a confirmação do Banco do Brasil sobre a quantidade de inscrições cujas taxas foram efetivamente pagas. Ao todo, 800 mil inscrições não foram efetivadas por falta de pagamento da taxa, apesar da isenção dada a estudantes que declararam baixa renda.

Em 2010, cerca de 4,6 milhões se inscreveram para fazer a prova. O exame será aplicado nos dias 22 e 23 de outubro, em 12 mil locais de prova distribuídos por 1.599 municípios.

Em 2009, o Ministério da Educação (MEC) deu início ao projeto de substituição dos vestibulares tradicionais pelo Enem como forma de ingresso no ensino superior. A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e podem pleitear vagas em instituições públicas de todo o país.

A partir de 2012 a prova terá duas edições ao ano, uma no primeiro semestre e outra no segundo. A primeira edição do ano que vem já está confirmada para os dias 28 e 29 de abril. A data da segunda edição ainda não foi definida em função das eleições municipais, que ocorrerão em outubro, mês de aplicação do Enem nos anos anteriores.

A participação no Enem também é pré-requisito para os estudantes interessados em uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os benefícios são distribuídos a partir do desempenho do candidato no exame e podem ser integrais ou parciais, dependendo da renda da família. Para participar do programa é preciso ter cursado todo o ensino médio na rede pública.

*Com informações da Agência Brasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG