Enem será reaplicado a mais de 9,5 mil estudantes

Paraná e Santa Catarina concentram 60% dos casos. Novas provas serão realizadas na quarta-feira

iG Brasília |

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação da nova prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), informou que terá um número de candidatos refazendo o exame muito superior às estimativas iniciais. Cerca de 9,5 mil alunos vão participar da reaplicação da prova de Ciências Humanas e de Ciências da Natureza, marcada para a próxima quarta-feira, às 13h (horário de Brasília). Até então, o número levantado era de 2.817 candidatos.

Paraná e Santa Catarina concentram mais de 60% dos alunos que foram prejudicados com erros de impressão na prova amarela. Em Santa Catarina, o novo exame será reaplicado em 42 municípios. O maior número de participantes está em Chapecó e, depois, Concórdia. No Paraná, haverá reaplicação em seis municípios, sendo que 95% dos casos ocorreram em Curitiba.

Ao todo, a nova prova será reaplicada em 218 municípios em 17 Estados: Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Ceará, Sergipe, Piauí, Pernambuco, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Bahia, Rio Grande do Sul, Pará. Tocantins, Goiás, São Paulo e Amazonas .

Convocação

Segundo o Inep, apenas os estudantes prejudicados pelas falhas de impressão do caderno de questões de cor amarela foram convidados a fazer a avaliação novamente. No entanto, há alunos que se enquadram nesse caso mas não receberam mensagens do Ministério da Educação . O MEC garante que todos os alunos que vão fazer as novas provas já foram avisados sobre o local onde devem se apresentar.

Os convocados farão apenas as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias, aplicada no dia 6 de novembro passado. Para concluir quem deveria ter uma nova chance, o consórcio Cespe/Cesgranrio contratado para aplicar o Enem pelo Inep afirma ter conferido as atas dos 116.626 locais de prova. Os estudantes também podem consultar os novos locais de aplicação pelo site do Enem.

Vale ressaltar que os estudantes não são obrigados a realizar a nova prova. Quem não comparecer terá a prova anterior corrigida. Os estudantes poderão pedir uma declaração de comparecimento para justificar a ausência ao trabalho. Quem, por qualquer motivo, foi convidado e não teve problemas com a prova amarela ou realizou provas de outra cor deve desconsiderar o convite.

    Leia tudo sobre: educaçãoenemprovas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG