Enem já tem mais de 3 milhões de inscritos

Candidatos a vagas em universidades públicas devem se inscrever no exame até o dia 10 de junho

iG São Paulo |

Passados 10 dias do começo das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Ministério da Educação já registra mais de 3 milhões estudantes interessados em prestar o exame. A marca foi atingida nesta quinta-feira, dia 2 de junho. O prazo para se inscrever no exame vai até as 23h59 do dia 10 de junho, sem previsão de prorrogação.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o pico de acessos ao sistema ocorreu logo no primeiro dia de inscrições, quando 594 mil estudantes acessaram a página do Enem na internet para participar do exame. Em 2009, o Ministério da Educação (MEC) deu início a um projeto de substituição dos vestibulares tradicionais pelo Enem. A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e podem pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país.

A participação no Enem também é pré-requisito para os estudantes interessados nas bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), que são distribuídas a partir do desempenho do candidato no exame e que podem ser integrais ou parciais, dependendo da renda da família.

Quem frequentou escolas de Educação de Jovens e Adultos (EJA), o antigo supletivo, também pode fazer o exame para receber certificado de conclusão de ensino médio. Para fazer a prova com esse objetivo, é necessário informar a instituição (há uma lista disponível no site) que deverá ser a certificadora do diploma.

A taxa de inscrição do Enem custa R$ 35. Alunos matriculados no terceiro ano do ensino médio em escola pública não pagam, assim como aqueles que comprovarem situação de carência.

Para anotar na agenda

- Período de inscrição
Das 10h desta segunda-feira até as 23h59

- Onde se inscrever
Somente pelo site do Enem: http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao

- Taxa de inscrição
Estudantes de escolas públicas e com carência socioeconômica não pagam. Os demais têm de pagar R$ 35 até o dia 13 de junho

- Necessidades especiais
Os participantes podem solicitar provas ampliadas, ledor ou ambiente diferenciado por causa de dificuldades de locomoção, por exemplo. Todas as necessidades dos alunos devem ser informadas no ato da inscrição. Os estudantes que precisam fazer a prova em horário diferenciado por motivos religiosos também.

Certificação de conclusão do ensino médio É possível utilizar o Enem como certificação de conclusão de ensino médio. Para isso, o estudante deve informar a instituição (há uma lista disponível no site) que será a certificadora do diploma.

- Confirmação da inscrição
Os estudantes vão receber um número de inscrição e uma senha que deverão ser guardados. Com esses dados, é possível acompanhar o processo e imprimir um cartão de confirmação. Quem perder a senha pode recuperá-la pelo site de inscrição.

- Cartão de confirmação
Nesse documento, estarão os data, local e hora das provas, indicação dos atendimentos especiais solicitados pelo candidato, opção de prova de língua estrangeira. Além de ficar disponível na página do Enem, o estudante recebe uma cópia pelos Correios. Esse documento deve ser levado no dia da prova, assim como o RG.

- Provas
Os candidatos farão quatro provas objetivas com 45 questões de múltipla escolha cada e uma redação. No primeiro dia, serão aplicadas as avaliações de ciências humanas e ciências da natureza (em quatro horas e meia) e, no segundo dia, de linguagens e códigos, matemática e a redação (em cinco horas e meia).

- Datas de aplicação
22 e 23 de outubro, às 13h

    Leia tudo sobre: eneminscriçõescandidatosestudantes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG