Enem 2011 custará R$ 45 por aluno

Pagamento ao consórcio está suspendo pelo Tribunal de Contas da União, que questiona aumento de 190% no contrato

iG São Paulo |

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na última quarta-feira (17) o custo por aluno do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011. A prova, que será aplicada nos dias 22 e 23 de outubro, custará R$ 238,5 milhões. Isso significa um investimento de R$ 45 para cada um dos 5,3 milhões de candidatos inscritos.

O valor cobre as despesas pagas ao consórcio Cespe/Cesgranrio para a aplicação das provas, além dos Correios, que distribuem os exames e recolhem os cartões de resposta ao custo de R$ 4,11 por aluno. Também inclui o repasse de R$ 8 milhões para as secretarias de segurança dos Estados e Forças Armadas que participam da logística de segurança do Enem e a impressão dos teste à gráfica RR Donelley ao custo de R$ 6,80 por candidato.

Na última edição, o Inep gastou R$ 27,87 por estudante, somente com a aplicação e correção do exame. Neste ano, o instituto irá parar R$ 372 milhões para o consórcio Cespe/Cesgranrio por 10,2 milhões de estudantes a um custo de R$ 36,47 por aluno. Um aumento de 30,8% que o Inep não justificou.

Suspensão de pagamento

Na quarta-feira, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou uma medida cautelar para suspender o pagamento de R$ 372 milhões à Fundação Universidade de Brasília, ligada ao Cespe, que foi contratada sem licitação para a realização do próximo Enem. O contrato tem duração de 12 meses. O TCU questiona o aumento de 190% no valor em relação ao contrato anterior , também firmado com o Cespe, de R$ 128,5 milhões.

O MEC informou que o contrato com o Cespe corresponde a avaliação de 10,2 milhões de candidatos – o dobro do inscritos para a prova de 2011. Como estão previstas duas edições do Enem nos próximos 12 meses, a de outubro de 2011 e a de abril de 2012, o contrato deverá custear pelo menos essas duas edições.

* Com informações da Agência Brasil

    Leia tudo sobre: Enem 2011enem 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG