Candidatos fazem Enem tranquilos e postergam escolha de curso

Exame permite que estudantes possam optar em que faculdade vão estudar só em janeiro. Mais de 5,3 milhões estão inscritos no exame

Marina Morena Costa, iG São Paulo |

Parte dos candidatos que chegam à Uninove, no bairro Barra Funda, em São Paulo, para prestar o primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está tranqüila. Estudantes do último ano do ensino médio que ainda não decidiram qual carreira vão seguir ou em qual instituição querem estudar e  vão pensar nisso só em janeiro quando saírem as notas do Enem.

Veja também: especial com notícias, dicas e serviço sobre o Enem

Fernando Maranho, 17 anos, quer fazer design, mas não sabe quais faculdades públicas oferecem o curso. “É a primeira vez que faço o Enem. Está sendo como um treino”, conta. Matheus Bortoto, de 17 anos, faz último ano do ensino médio técnico em eletrônica e também está indeciso. “Talvez eu faça faculdade de engenharia. Prefiro nota para passar em alguma pública”.

As amigas Ana Rita Santana, 17 anos, e Jéssica Lima, 18 anos, já escolheram o curso, mas não a instituição. Ana quer engenharia e Jéssica, fisioterapia. “É a primeira vez que presto a prova . Esqueci a caneta preta transparente”, diz a estudante após sair de papelaria onde comprou a caneta exigida para a prova.

Outra candidata que quer engenharia é Gilmara Gonçalvez, 17 anos, mas por enquanto só verificou que o curso desejado, de engeharia civil, tem mas federais de Guaratinguetá e Ilha Solteira. “Espero ir bem, mas acho a prova muito cansativa. Só após o resultado é que vou saber onde posso estudar.

O primeiro dia do Enem ocorre neste sábado para mais de 5,3 milhões de candidatos . Neste sábado, os estudantes respodem 45 questões de múltipla escolha de Ciências Humanas e 45 de Ciências da Natureza. Domingo, são outras 45 questões de Linguagens e seus Códigos, 45 de Matemática e seus Códigos e mais uma redação de até 30 linhas no domingo. Em parceria com o curso CPV o iG corrige as questões em tempo real a partir das 18h . Às 19h, o colunista Mateus Prado fará um debate ao vivo sobre a prova .

O Enem avalia o ensino médio e é usado para compor a nota de vestibulares e pré-requisito para bolsa de estudos integral ou parcial do Programa Universidade Para Todos (Prouni) e o financiamento estudantil do Fies, ambos concedidos pelo governo federal.


    Leia tudo sobre: Enem 2011provas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG