Mecanismo de controle consta do edital, das instruções na capa da prova e era obrigatório, mas candidatos comentam que esqueceram

Candidatos que deixaram de escrever na folha de respostas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a frase destacada na capa do caderno de questões ou não marcaram qual a cor da prova que fizeram não terão a prova corrigida. A informação consta do edital do exame, das instruções escritas no teste e devia ser reforçada pelos fiscais em cada sala.

Pelos comentários em redes sociais, pode ter sido grande o número de pessoas que cometeu o erro.

A frase - que foi considerada inspiradadora por muitos participantes e de difícil compreensão por outros - é mais uma das novidades incluídas neste ano pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais, órgão do Ministério da Educação (MEC) responsável pela aplicação do exame.

* No dia 11 de novembro, o MEC respondeu a um candidato que as provas serão corrigidas se tiverem uma das duas identificações obrigatórias no cartão de respostas, a cor do caderno de perguntas ou a transcrição da frase impressa nele. Veja a reportagem mais atualizada sobre a questão: MEC irá corrigir Enem com identificação da cor ou frase transcrita

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.