Candidato do Enem consegue liminar, mas se atrasa para prova

Estudante só soube da decisão da Justiça às 12h45, e chegou para fazer o Enem às 12h10

Agência Brasil |

O estudante Alex Henrique Blenk, de Curitiba, conseguiu uma liminar para refazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que está sendo reaplicado nesta segunda-feira (15) em 17 Estados, mas não chegou a tempo de entrar no local da avaliação. Alex disse que soube da liminar por volta das 12h45 e só conseguiu chegar à Escola Hildebrando de Araújo, um dos locais de realização do Enem na capital paranaense, às 13h10, quando os portões já estavam fechados.

O estudante argumenta que foi um dos prejudicados durante a aplicação do Enem, em novembro, mas não estava entre os convocados para a reaplicação da prova e entrou na Justiça na última segunda-feira (17). Entretanto, a liminar só foi concedida na manhã do dia da prova.

“Tentei várias vezes contato com a organização do Enem e eles só me informavam que eu teria que aguardar um contato”, reclamou o estudante.

    Leia tudo sobre: Enemliminarprova

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG