Operação tenta evitar dúvidas sobre local de prova na Urca, após informação errada no cartão de 1.027 inscritos

Candidatos que receberam cartões com local de prova com erro são transportados em vans
Fabrizia Granatieri
Candidatos que receberam cartões com local de prova com erro são transportados em vans
A Fundação Cesgranrio, que organiza a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) , expôs uma faixa de cerca de 6 metros e colocou cinco vans à disposição dos candidatos em frente ao número 296 da Avenida Pasteur, na Urca, para evitar dúvidas sobre o local do exame.

Um erro no cartão de informação de 1.027 inscritos apontava o endereço errado. A prova será feita, a partir das 13h, a cerca de 300 metros dali, na mesma rua.

A faixa, com uma seta apontando o sentido do local correto de prova, tem o texto: "Enem 2011 - Prédios CCH e Escola de Biologia. Siga em frente".

Faixa também é usada para indicar entrada correta de local de prova na Urca
Fabrizia Granatieri
Faixa também é usada para indicar entrada correta de local de prova na Urca
Representantes da organização estão distribuídos a cada 50 metros na avenida. "Ligamos para todos os candidatos e houve ampla divulgação nos meios de comunicação sobre o endereço correto. Mas estamos preparados para ajudar quem precisar", disse o funcionário da Cesgranrio da área de logística, Anderson Santos.

Como a distância é curta e a sinalização está clara, os funcionários não acreditam que haja problemas.

Os portões dos 14 mil locais de prova onde o Enem será aplicado serão abertos ao meio-dia do horário de Brasília. O Ministério da Educação recomenda aos mais de 5,3 milhões de participantes que cheguem por volta deste horário para evitar que não estejam dentro do prédio às 13h, quando os portões serão fechados.

Veja especial com tudo sobre o Enem

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.