Ansiedade também em Pernambuco no 2º dia do Enem, após falhas

No campus da UFPE, pais e amigos tentam relaxar os candidatos com música

AE |

selo

Em Pernambuco, o segundo dia de provas do Enem começou sem problemas graves. A polêmica ocorrida ontem, quando muitos alunos se queixaram de falhas nas provas e gabaritos, acabou aumentando a ansiedade de alguns candidatos. No campus da Universidade Federal de Pernambuco, vários pais e amigos faziam de tudo para tentar relaxar os estudantes, alguns improvisaram uma batucada com instrumentos musicais, outros aproveitavam a sombra das árvores para descansar e dar uma revisada nos livros e apostilas.

Para Gabriel Nunes, 23 - que ontem pegou uma das provas amarelas, que apresentavam problemas de impressão em alguns estados - esperava "melhor sorte" para hoje. "Eu consegui fazer a prova, mas soube de gente que teve dificuldade de ler por conta das falhas e da repetição de questões. Sinceramente, depois de tanta confusão, espero que hoje as coisas corram mais tranquilas. Tem muita gente dizendo que acha que o exame deveria ser cancelado, mas como não sei o que pode acontecer estou fazendo o meu melhor", destacou o estudante que faz o exame para tentar uma vaga em economia, na Universidade Federal de Pernambuco. O balanço parcial de abstenções, neste segundo dia, em Pernambuco, é de 87 faltosos em todo o estado.

    Leia tudo sobre: enem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG