Apesar de ser feito à caneta, Enem cobra conhecimento de tecnologias

Por Mateus Prado - especial para o iG |

compartilhe

Tamanho do texto

A 9ª competência exigida pelo exame é o entendimento da importância das novas tecnologias da informação

Entender os princípios, a natureza, a função e o impacto das tecnologias da comunicação e da informação são a Competência 9 exigida pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A prova pretende testar se o candidato sabe do uso na sua vida pessoal e social, no desenvolvimento do conhecimento, associando-o aos conhecimentos científicos, às linguagens que lhes dão suporte, às demais tecnologias, aos processos de produção e aos problemas que se propõem solucionar.

Leia também: 

- Outras competências exigidas em Linguagens

- As competências de Matemática exigidas no Enem

- As competências de Ciências Humanas testadas pelo exame


Sem as tecnologias da comunicação e informação, precisaríamos reinventar toda a nossa sociedade. Essa frase resume um pouco as questões que serão abordadas na última competência cobrada pelo Enem.

Mas o que são essas tecnologias? As primeiras tecnologias de comunicação e informação estão ligadas ao desenvolvimento das tecnologias gráficas e de impressão, iniciados na Europa da Idade Média e exponenciados no século 15 e 16, com a criação da imprensa (instrumento que acelerou o processo de impressão). No século 19 tivemos o início do uso das impressoras industriais, o que possibilitou o grande crescimento de impressão de jornais e livros.

Depois, temos as tecnologias eletroeletrônicas audiovisuais, em que podemos citar o telefone, o rádio e a televisão, popularizada somente na 2ª metade do século passado. A partir do final do século 20, com a união entre as tecnologias da telefonia e da computação, tivemos um desenvolvimento muito mais acelerado dessas tecnologias de comunicação e informação, com o aparecimento da Internet, ou Rede Mundial de Computadores.

A maior parte das questões dessa competência irá tratar da Internet e suas ferramentas, como o Google, os portais de informação, os blogs, as redes de relacionamento como o Twitter, Orkut, Facebook e LinkedIn, os chats, como MSN e Skype, vídeo-conferências, etc. Será preciso entender como essas múltiplas tecnologias e ferramentas possibilitam o desenvolvimento do conhecimento e a democratização do acesso à informação.

É fundamental compreender como essas e outras tecnologias de comunicação impactaram no comportamento das pessoas e quais são as perspectivas de novos impactos. Por exemplo, com o uso do internet banking, muitas pessoas não precisam mais se deslocar até o centro da cidade, ou até ao banco, para fazer a maioria das transações financeiras. Isso tem um impacto enorme na vida das pessoas e das empresas. Outro exemplo: o grande uso das redes sociais afeta a forma como as pessoas se relacionam. Por um lado, quem está longe, geograficamente, pode se comunicar muito mais. Por outro, muitas vezes temos a substituição de atividades sociais e esportivas pelo uso intenso das redes, diminuindo o contato pessoal entre amigos e familiares.

Também é importante lembrar das discussões sobre a segurança no meio virtual: lembre-se que esse foi o tema da redação do Enem em 2011. Quais são os riscos da exposição de dados pessoais na internet? Como se proteger de problemas com transações financeiras on-line? Como pessoas com intenções ligadas às várias formas de assédio, principalmente o infantil, podem usar esse espaço? O que é o cyber bullying? É indicado que o aluno, como usuário desses mecanismos de comunicação, conheça esses riscos e discussões.

As habilidades

Propondo esta competência, o Enem quer saber se você é capaz de:

- Reconhecer a função e o impacto social das diferentes tecnologias da comunicação e informação;

- Identificar pela análise de suas linguagens, as tecnologias da comunicação e informação;

- Relacionar as tecnologias de comunicação e informação ao desenvolvimento das sociedades e ao conhecimento que elas produzem.

Dicas

Escreva um texto de uma página em um computador sem utilizar as ferramentas de correção ortográfica. Depois disso, volte ao início do texto e confira quantas correções foram necessárias para arrumar o texto. Você vai estar um pouco, se bem que bem pouco, no mundo da era da máquina de escrever. Muitos profissionais defendem que, na “era da informação”, a escola precisa se reformar e ser mais atraente para seus alunos. Pesquise as principais ideias desses profissionais e discuta esse tema com seus amigos e professores.

Apesar das novas tecnologias de informação, em alguns países o governo limita o que a população pode ter acesso. Descubra alguns desses países, quais são seus limites de acesso e quais as consequências disto para a população.Há pouco tempo o Brasil fez sua opção pelo modelo de TV digital. Existiam outras opções. Avalie quais eram as vantagens e desvantagens de utilização de cada um dos modelos disponíveis e opine: o Brasil fez a melhor escolha?

Propostas de aula

Algumas pessoas defendem que em pouco tempo os grandes jornais não terão mais viabilidade financeira e serão substituídos pelos sites de informação. Vários dos grandes jornais americanos já passam por crise e parecem comprovar essa tese. Outras pessoas dizem que não, que nada substituirá a credibilidade dos grandes jornais. Reúna textos com essas opiniões e proponha para sua sala um debate sobre o tema, inclusive levantando as consequências para a vida cotidiana de cada uma das duas hipóteses.

Vejamos então como as “Tecnologias da Comunicação e Informação” já foram cobradas pelo Enem:

Reprodução
Resposta: Criará expectativa de viabilizar a democratização da leitura, porém, esbarra na insuficiência do acesso à internet por celular, ainda deficiente no país





Leia tudo sobre: enemmateus prado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas