Prova do Enem cobra símbolos e linguagens que caracterizam a sociedade

Por Mateus Prado - especial para o iG |

compartilhe

Tamanho do texto

A 6ª competência exigida pelo exame é a compreensão de que a língua é uma construção histórica

"Compreender e usar os sistemas simbólicos das diferentes linguagens como meios de organização cognitiva da realidade pela constituição de significados, expressão, comunicação e informação." Esta é a 6ª competência proposta pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Leia também: 

Veja como estudar para "A Arte Expressando Ideias e Emoções"

Análise do texto no contexto é chave das questões de literatura no Enem

Outras competências de linguagem exigidas no Enem

Ela irá trabalhar com os símbolos e linguagens que caracterizam uma sociedade como a nossa, marcada pela informação e comunicação. É preciso compreender que esses símbolos que reconhecemos como instrumentos de comunicação são construções históricas e culturais e que o texto não é só produção verbal escrita: existem vários tipos de símbolos que servem para a comunicação e que são caracterizados como textos.

Mas o que seria, então, um texto? É algo que sugere uma interpretação, um conjunto que faça algum sentido em conjunto que seja diferente do sentido individual de cada palavra, imagem ou símbolo, e que expresse de alguma forma alguma intenção, por parte de quem produziu aquilo. Por isso podemos considerar como ‘texto’ não somente frases formadas por palavras, mas também conjuntos que componham algum sentido, mesmo que não tenham palavras, como, por exemplo, uma história em quadrinhos só com imagens ou uma propaganda contendo somente símbolos ou fotografias, desde que expressem algum sentido.

Para servir para a comunicação, todo texto apresenta um contexto, e algumas questões da competência irão convidar o aluno a contextualizar os textos propostos. Entre os contextos, poderão aparecer o contexto social, o cultural e o histórico.

Outro ponto em que o examinado pode ser cobrado nas questões é identificar a função do texto – todo texto tem uma função. As funções que podem aparecer são a narrativa, a expositiva e a persuasiva. Relacionada à função narrativa do texto podemos ter, por exemplo, trechos de uma carta dos viajantes quinhentistas falando sobre as terras encontradas no além-mar. Um fragmento jornalístico, sobre algum tema de interesse público, pode ser um exemplo de como a função expositiva pode aparecer. E, finalmente, temos a propaganda como a forma que mais aparece no Enem quando ele cobra a função persuasiva da linguagem.

Entenda também: 

As competências de Matemática exigidas no Enem

As competências em Ciências Humanas exigidas no Enem

Dessa forma, o exame espera que o estudante consiga identificar essas várias formas de texto, compreendendo as funções e objetivos de cada um deles, para que, assim, possa compreender melhor e atuar na sociedade da informação e consumo em que vivemos.

As habilidades

Propondo esta competência, o Enem quer saber se você é capaz de:

- Identificar os elementos que concorrem para a progressão temática e para a organização e estruturação de textos de diferentes gêneros e tipos; Analisar a função da linguagem predominante nos textos em situações específicas de interlocução; Reconhecer a importância do patrimônio linguístico para a preservação da memória e da identidade nacional.

Dicas

Consulte charges políticas nos jornais diários. Elas são um tipo de texto. Você consegue entender todas? Qual informação, que não está no texto, foi necessária para a compreensão de cada uma das charges. Imagine se você conseguiria entender a mensagem que o autor quis passar se você visse a charge um ano atrás. O que faz com que a charge só tenha sentido neste momento?Localize em jornais, revistas e em situações do seu dia a dia textos que não são escritos de forma verbal. Identifique que contexto foi necessário que você soubesse para que compreendesse esses textos.

Proposta de aula para professor

Recorte vários tipos de textos em jornais e revistas e distribua para grupos diferentes na sala de aula. Proponha que indiquem quais textos tem função narrativa, quais tem função persuasiva e quais tem função expositiva. Também peça para identificarem se o contexto de cada texto é histórico, cultural e o social.

Vejamos como “O texto, seu Contexto e sua Função” foram cobrados nas provas anteriores do Enem:

Reprodução
Resposta correta: informando a população sobre os sintomas da gripe suína e procedimentos para evitar a contaminação

Comentário: Este texto tem caráter informativo e, por isso, se dirige diretamente ao leitor. Para entregar sua mensagem, o texto é direto, denotativo (não faz uso de metáforas ou figuras de linguagem) e adota um tom sério que não deixa dúvidas sobre a gravidade do problema ao qual se refere. Ele também evita sentenças longas e parágrafos com mais de duas linhas, a fim de não cansar o leitor.



Leia tudo sobre: enemmateus prado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas