Enem 2013 tem recorde de 7,17 milhões de inscritos confirmados

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Número de candidatos ficou acima da expectativa do MEC, que era de 6 milhões

O número de inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) superou as expectativas do Ministério da Educação e bateu novamente um recorde. Após o prazo para pagamento da taxa, foram confirmados 7.173.574 inscritos no exame. No ano passado, 5.971.290 confirmaram a inscrição e a previsão do MEC era de que 6 milhões se canditariam em 2013. O aumento em relação a 2012 é de 24%.

Meio do ano: Sisu abre inscrições para vagas em instituições públicas no dia 10

Dos 7.834.024 que se cadastraram para participar das provas este ano pela internet, não pagaram pela inscrição 660.450. O número total de pagantes foi de 1.925.581 e ficaram isentos 5.247.993 candidatos.

Entre os isentos, segundo divulgou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 1.315.506 terminaram o ensino médio em escola pública e 3.932.487 têm renda de até um salário mínimo e meio.

O crescimento de inscritos no Enem ocorreu em todos os Estados do País. O Amapá teve um crescimento de 63% nas inscrições de 2012 para 2013. Em seguida, vêm Tocantins, com 45%, e Ceará, com 44%. A região com maior número de inscritos, no entanto, é o Sudeste, com 36%, seguido do Nordeste, com 33%.

Segundo o Mercadante, 92% dos interessados confirmaram a inscrição. "É uma porcentagem recorde. Estávamos em torno de 86% a 89% de confirmação nos exames anteriores", disse. "[Isso] é uma grande vitória do povo brasileiro, que tem vontade de estudar mais, de entrar na universidade", completou.

Ele atribui o aumento nas inscrições aos programas voltados à educação, assim como a exigência do Enem nesses programas – como ocorre este ano com o Ciência sem Fronteiras – e ao êxito do próprio exame.

Mercadante também comentou o custo do exame. "Como o crescimento foi muito grande, vamos ter que repensar aspectos como a impressão. Mas é evidente que vai ter crescimento no orçamento". De acordo com ele, o custo deve se aproximar ao de 2012, R$ 46 por candidato.

Os candidatos receberão o cartão de inscrição no endereço fornecido. O documento terá um número, assim como a data, hora, o local de prova, a opção de língua estrangeira e outras informações específicas.

O exame será aplicado nos dias 26 e 27 de outubro em todos os estados e no Distrito Federal. A nota do Enem pode ser usada para classificação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que oferece vagas em instituições públicas de educação superior e também para concorrer a vagas em instituições privadas de ensino, por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni) . Uma boa avaliação no Enem é também requisito para obter bolsa no Programa Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) .

Entre os inscritos, 784.830 farão a prova para receber a certificação do ensino médio.

*Com Agência Brasil

Leia tudo sobre: Enem

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas