Número de inscritos no Enem chega a 3,9 milhões

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

MEC avalia que volume superou o esperado e pode ultrapassar a estimativa inicial de 6 milhões de inscrições

Agência Brasil

O número de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) chegou a 3.912.719 até as 18h15 desta terça-feira (21), de acordo com o Ministério da Educação (MEC). Os Estados de São Paulo, com 623.549 inscrições, e Minas Gerais, com 419.851, lideram o número de candidatos por Estado. Depois vem o Rio de Janeiro, com 300.660 inscritos, e a Bahia, com 290.617.

As inscrições começaram na manhã de segunda-feira (13) e terminam às 23h59 do dia 27 deste mês. O exame será aplicado nos dias 26 e 27 de outubro em todos os estados e no Distrito Federal.

Para os candidatos não isentos, a taxa de inscrição, de R$ 35, deve ser paga até o dia 29. Estão isentos os concluintes do ensino médio em 2013, matriculados em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar da Educação Básica. Também não precisa pagar a taxa o participante com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

O Enem é destinado àqueles que já concluíram ou vão concluir o ensino médio até o fim de 2013, mas pode ser feito também por quem quer apenas treinar para a prova.

O presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, disse nesta terça-feira que o volume de inscritos superou o esperado e pode ultrapassar a estimativa inicial do Ministério da Educação (MEC) de 6 milhões de inscrições. O presidente do Inep também pediu que os interessados não deixem para se inscrever no Enem na última hora.

O resultado no exame é usado no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior. Os interessados em fazer a prova devem se inscrever pela internet no endereço do Enem. Para os estudantes que têm dúvidas, a página também traz um passo a passo com orientações detalhadas sobre como fazer a inscrição no exame.

O desempenho no Enem é também requisito para participação do estudante nos programas Universidade para Todos (Prouni) e Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Estudantes maiores de 18 anos que ainda não obtiveram a certificação do ensino médio podem fazê-lo por meio do Enem.

Leia tudo sobre: Eneminscritos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas