Sonhos e expectativas em jogo nas provas do Enem

Nervosismo de candidatos antes da prova reflete projeções que eles fazem para o futuro

Wilson Lima - iG Brasília | - Atualizada às

O nervosismo e a tensão que muitos candidatos apresentaram no primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é fruto da pressão interna e também da expectativa por uma vida ou um futuro melhor.

Leia também: Ônibus bate e candidato do Distrito Federal perde a prova

A estudante do 3º ano do ensino médio, Júlia Coatio, 18 anos, tem estudado aproximadamente 15 horas por dia e quer um bom rendimento logo de cara para conseguir uma vaga em algum curso de administração, quer seja no Distrito Federal (DF) ou no Rio de Janeiro (RJ), onde mora boa parte de sua família.

Ela afirma que tem sido bastante pressionada pelos pais, amigos e familiares e isso acabou a deixando mais nervosa que o habitual. “Eu não dormi de ontem para hoje. Estou muito tensa”, disse a candidata. “O Enem reflete a transição de uma fase de estudante para um fase adulta. É uma responsabilidade muito grande”, analisa.

Depois da prova: acompanhe a correção das questões no iG

A estudante Luana Lima, de 18 anos, vai tentar uma vaga nos cursos de Direito em alguma faculdade ou universidade no Distrito Federal. No ano passado, apenas como “treino”, ela conseguiu uma média de 753 pontos, o suficiente para conseguir uma vaga em Direito em pelo menos duas faculdades. “Minha pressão agora é conseguir uma pontuação bem maior. Mas sei que não vai ser fácil”, admite a candidata. “No ano passado, apesar de ter pontuação, não quis ingressar com ações judiciais para tentar obter meu diploma antecipadamente. Seria um processo muito burocrático”, revela.

Luana estudou também aproximadamente 12 horas por dia como preparação para fazer as provas do Enem, com a irmã, Daiana Lima, de 23 anos, que tenta uma vaga no curso de Medicina. “Tem várias dicas para evitar o nervosismo. Nem almocei para não ficar com sono. Essa é uma fase importante da minha vida e quero fazer o máximo para ter uma boa prova”, pontua a estudante.


    Leia tudo sobre: EnemBrasíliaestudantesEnsino MédioUniversidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG