Enem 2012 terá 10 mil malotes com lacre eletrônico

Medida, em fase de testes, visa evitar fraudes no transporte dos pacotes com as provas e será utilizada nos próximos exames

iG São Paulo |

Para garantir a segurança contra fraudes no transporte de malotes com as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) comprou, pelo valor de R$ 3,7 milhões, lacres eletrônicos para serem utilizados nas provas que acontecem neste final de semana.

Foram adquiridas 20 mil unidades, que irão registrar o horário em que os pacotes com as provas foram lacrados na gráfica e, posteriormente, o momento em que serão abertos no local dos exames. Deste total, 10 mil serão utilizados nas provas do Enem deste ano, uma medida de segurança inédita. Com a ação, que serve como teste, serão lacrados 10 mil malotes, de um total de 48.341.

Guia Enem 2012 : Conheça todas as regras do exame no fim de semana

Cada lacre eletrônico serve para transportar, com segurança, um malote, podendo ser utilizado seis vezes – a aplicação deste recurso se repetirá em outros exames, como o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) e o Prova Brasil.

A liberação da verba por parte do governo federal foi divulgada nesta quarta-feira, 31, no Diário Oficial da União. A empresa que fornecerá os lacres é a RR Donnelley Editora e Gráfica e o contrato tem vigência até 30 de setembro de 2013.

    Leia tudo sobre: EnemEnsino MédioInep

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG