Enem: melhor escola do País aposta no tradicional

O kit de material escolar dos 280 alunos de ensino médio do Colégio de São Bento, no Rio, que atende exclusivamente a meninos, além de cadernos, lápis e livros, inclui obrigatoriamente uma vasta coleção de CDs de música erudita. Na grade curricular, aulas de história da arte e apreciação musical.

Agência Estado |

Esse é o perfil da escola que liderou o ranking do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Prestes a completar 150 anos, o colégio é comandado por monges beneditinos e, segundo a supervisora educacional, Maria Elisa Penna Firme, não abre mão do ensino religioso. Somos uma escola tradicional, mas aberta à renovação.

Os 1,1 mil alunos do São Bento estudam em salas de, no máximo, 35 alunos, que pagam uma mensalidade de R$1,4 mil no ensino médio. Para estudar ali, é preciso passar por uma avaliação - a disputa é de 3 candidatos por vaga. Os alunos do São Bento são submetidos a avaliações em cinco períodos do ano e a uma final. Se o desempenho não for satisfatório, só podem ficar de recuperação de duas matérias. As pessoas imaginam que os alunos são pequenos monges, mas são bem participativos.

As disciplinas francês e inglês são obrigatórias e o espanhol é opcional. Para agüentar a jornada integral, as aulas priorizam o aprendizado prático dos alunos. Eles freqüentam os laboratórios, fazem passeios e têm aulas diferenciadas, como cultura clássica, diz a supervisora. Para manter o bom nível de ensino, Maria Elisa ressalta também a qualidade dos 110 professores. Alguns têm mais de 20 anos de casa. Priorizamos o currículo com vasta experiência e boa indicação. Eles têm um planejamento anual de conteúdo, mas têm total liberdade para desenvolvê-lo.

O Rio aparece em primeiro lugar entre as 27 capitais brasileiras no desempenho dos alunos que prestaram o Enem de 2007. Conquistou não só o primeiro, mas segundo e terceiro lugares no ranking nacional, com os colégios Santo Agostinho, no Leblon, e a Mopi - Moderna Organização Pedagógica Integrada -, na Tijuca, respectivamente. As duas primeiras sempre figuraram nos melhore rankings. A novidade é a Mopi.

As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

    Leia tudo sobre: enem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG