Enem: 15 das 20 melhores escolas são particulares

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2007 confirmam uma tendência: o melhor desempenho dessa etapa da educação no País está associado a escolas particulares e federais. Das 20 escolas que estão no topo da lista no exame do ano passado, 15 são privadas e 5 públicas.

Agência Estado |

Dessas, todas são federais, ligadas a universidades ou Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets). Essas instituições normalmente têm orçamento alto e processo de seleção criterioso, diferenciando-as das redes estaduais e municipais.

Mesmo quando se considera apenas as escolas públicas (que também englobam as redes mantidas pelos Estados e municípios), as federais se mantêm na frente - das 20 primeiras, apenas 3 são escolas estaduais e, mesmo assim, incluem duas técnicas e o colégio de aplicação da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

A participação no Enem não é obrigatória, mas no ano passado cerca de 3 milhões de alunos prestaram o exame, dos quais 1 milhão terminou o ensino médio em 2007. Os estudantes fizeram inscrição por conta própria, normalmente motivados pela possibilidade de usar o resultado em processos seletivos de instituições de ensino superior e no Programa Universidade para Todos (ProUni), do governo federal.

Por isso, nem todas as escolas participantes têm seus resultados divulgados pelo Ministério da Educação. Algumas não têm número suficiente de inscritos no Enem para que se obtenha uma amostra confiável de seus resultados. Entre as que têm a nota divulgada é possível fazer comparação porque o ministério usa uma fórmula para corrigir a diferença do total de participantes. O ranking leva em consideração a média dos alunos na prova objetiva com essa correção. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: enem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG