Em um mês, 108 mil alunos se inscrevem no Fies

Interesse no programa de financiamento é grande, avalia o MEC. Ao todo, 11 estudantes já assinaram contratos

iG Brasília |

As inscrições para o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) começaram há um mês e 108,7 mil alunos já procuraram o programa. Do total, 11.472 já assinaram contratos. Os dados são da diretoria financeira do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia do MEC que opera o novo Fies desde 3 de maio.

A grande procura pelo financiamento, segundo a secretária de Educação Superior do MEC, Maria Paula Dallari Bucci, se deve a uma série de fatores, entre eles, a liberdade que tem o aluno de pedir o financiamento a qualquer tempo e a redução da taxa de juros de 6,5% ao ano para 3,4%.

Dados do sistema eletrônico de inscrições do Fies desta terça-feira mostram que além dos estudantes que já obtiveram o financiamento, 11,1 mil estão com processos em análise na Caixa Econômica Federal, 17,7 mil estão sendo avaliados pelas comissões permanentes de supervisão e acompanhamento (CPSA), obrigatórias em cada instituição de ensino superior privado, e 63,5 mil alunos estão preenchendo dados no sistema.

Outros 1.666 pedidos de financiamento foram validados pelas Cpsa e estão prontos para serem enviados para a Caixa, e 3,1 mil alunos precisam complementar dados de acordo com a CPSA.

Para a secretária de Educação Superior do MEC, os primeiros dados sobre a procura pelo financiamento trazem informações importantes. Além do acerto do programa ao abrir as inscrições em fluxo contínuo, o Fies também reflete positivamente dentro das instituições de ensino superior melhorando a qualidade dos cursos.

Como o Ministério da Educação definiu que só financia cursos com conceitos três, quatro e cinco, a qualidade da oferta da educação superior tende a melhorar. Neste momento, as instituições redefinem os cursos e se concentram nas áreas onde estão melhores, explica Maria Paula. “Quem ganha são os alunos e o país.”

O diretor financeiro do FNDE, Antonio Correia Neto, explica que a contratação de mais de 11 mil financiamentos em menos de 30 dias mostra que as mudanças foram bem recebidas pelos universitários e instituições. O FNDE já tem garantidos recursos no orçamento para 125 mil contratos e solicitou crédito adicional para outros 75 mil, segundo Antonio Correia Neto.

* Com informações do Ministério da Educação

    Leia tudo sobre: educaçãofiesinscrições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG