Docentes do campus de Santos da Unifesp se reúnem com a reitoria

Professores decretaram paralisação por melhorias na infraestrutura da universidade

iG São Paulo |

Os docentes da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) do campus de Santos, no litoral do Estado, irão se reunir com a reitoria na manhã da próxima quinta-feira (18) para discutir melhorias e a volta às atividades. A categoria decretou uma paralisação na terça-feira (16) por melhores condições de trabalho e infraestrutura adequada na instituição.

Professores e alunos alegam que as instalações provisórias nas quais funciona o campus não são adequadas. As aulas estão paralisadas desde o dia 6 de outubro, quando os estudantes decretaram uma greve estudantil. No campus de Guarulhos da Unifesp há queixas semelhantes e os alunos estão em greve desde o dia 21 de outubro.

“Essa deliberação deve-se à insatisfação generalizada com as condições de trabalho, de funcionamento e de gestão da Universidade Federal de São Paulo, que vêm se perpetuando desde a implantação desse campus, em 2006”, afirmam os docentes em carta aberta. Segundo a Associação dos Docentes da Unifesp (Adunifesp), o curso de Educação Física da Baixada Santista não tem equipamentos básicos, como quadras e piscina. Apesar de ter formado a primeira turma no ano passado, o curso enfrente evasão de alunos e professores devido às precárias condições.

Um documento com pautas emergenciais foi apresentado à Reitoria e reivindica, entre outras coisas: a entrega dos Blocos I e II do campus definitivo e uma auditoria nesta obra; a resolução dos impasses para a construção do Bloco III; transporte gratuito entre os atuais prédios alugados; um programa de alimentação subsidiada e a construção de um restaurante universitário; moradia estudantil; serviço de creche; e ampliação de auxílios financeiros aos estudantes.

Também está marcada para esta quinta-feira, às 14h, uma assembleia geral dos estudantes em São Paulo, que reunirá alunos dos cinco campi da Unifesp – Santos, Guarulhos, São Paulo, Diadema e São José dos Campos.

    Leia tudo sobre: Unifespgreveparalisaçãoprofessoresestudantes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG