Daltonismo: faça o teste

Nem tudo o que se vê é o que realmente está lá. A visão é um sistema relativamente simples, mas que está sujeito a algumas falhas.

Redação |

Uma delas é o daltonismo, problema descoberto pelo químico inglês John Dalton, que tinha essa deficiência e fez inúmeras pesquisas para determinar como seus olhos viam o mundo.

Devido a uma ou mais substâncias sensíveis à luz encontradas na retina, os daltônicos não enxergam algumas cores primárias, como o verde e o vermelho e, em seus lugares, vêem o cinza, amarelo ou azul.

A deficiência pode interferir em aspectos importantes da vida, como na hora de distinguir as cores do sinal de trânsito, por exemplo.

O problema é hereditário e acontece na maior parte com os homens (8% deles têm probabilidade de nascer daltônicos contra 0,25% das mulheres).  O professor da Universidade de Tóquio, Dr Shinobu Ishihara (1879-1963) desenvolveu um sistema para identificar a deficiência.

Basta olhar as figuras ao lado para descobrir se seus olhos conseguem captar todas as cores.

    Leia tudo sobre: curiosidadesóptica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG