MEC abriu processo administrativo contra instituição da cidade de Valença e determinou redução na oferta de vagas no vestibular

A Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação abriu um processo administrativo contra o Centro de Ensino Superior de Valença, localizado no município de Valença, Rio de Janeiro, por causa da qualidade do curso de medicina da instituição.

De acordo com portaria publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União, o centro cumpriu parcialmente as medidas e condições estabelecidas em Termo de Saneamento de Deficiências assinado com o MEC para manter a graduação em funcionamento.

O documento determina redução na oferta de vagas para novos ingressantes. Anualmente, o centro abre 80 novas vagas. Agora, terá de reduzi-las para 60 até a conclusão do processo administrativo. A instituição tem 15 dias para recorrer da decisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.