Crocodilo-do-mar: O maior réptil do mundo é do tamanho de dois carros" / Crocodilo-do-mar: O maior réptil do mundo é do tamanho de dois carros" /

Crocodilos: perigo no mar

Os temíveis répteis também podem viver em águas salgadas. Saiba mais sobre esses selvagens animais. http://canalazultv.ig.com.br/portal/videos.asp?Pages=1&id_Sec=5&id_Sub=4&id_Con=473 target=_blankCrocodilo-do-mar: O maior réptil do mundo é do tamanho de dois carros

Isis Nóbile Diniz |

Silenciosos, repentinos, vorazes. Na mitologia egípcia, o deus Sobek com rosto de crocodilo é o devorador. Ele engole as almas que não puderam justificar os seus erros. Na Bíblia, um monstro chamado Leviatã aparece na forma do animal. Os crocodilos fazem parte do imaginário de muitas culturas. Principalmente, por sua capacidade de transitar entre a terra, a água doce e o mar. Onde, quando famintos, podem atacar os banhistas desprevenidos.

De acordo com o especialista em répteis e professor da Universidade de São Paulo (USP), Miguel Trefaut Rodrigues, há 23 espécies de crocodilos. Entre elas, aproximadamente, dez toleram a água salgada. Já existiu crocodilo, exclusivamente, marinho. Hoje, os animais que vivem em regiões costeiras, onde o rio encontra o mar, podem passar para a água salgada, explica Rodrigues.

Os crocodilos caçam em terra e na água ¿ submersos ou na superfície. Eles têm uma alimentação diversa: peixes, aves, lagartos, cobras e pequenos mamíferos. Porém, seja no mar ou em terra firme, quando atacam um ser humano geralmente é porque estão com fome. O crocodilo não é territorialista. Além dos momentos de fome, ele será agressivo para defender seus filhotes, conta o professor. Então, qual a melhor maneira de evitar um ataque? Manter distância do bicho.

Eles são animais solitários que podem alcançar seis metros de comprimento e viver 40 anos. Apesar de muitas vezes serem encontrados em grupos, com exceção da mãe, não possuem uma estrutura social de relacionamento. Ela acompanha o desenvolvimento dos filhotes até seis meses após o nascimento. O objetivo é evitar que a cria seja capturada por outros predadores.


Crocodilos são capazes de transitar entre a terra, água doce e mar (Imagem/Getty Images)


O crocodilo (nome científico Crocodylidae ) é natural da Oceania, da Ásia e da África. Ele é parente do jacaré ( Alligatoridae ) e do gavial ( Gavialidae ) ¿ uma espécie de réptil com focinho alongado que vive na Índia e se alimenta de peixes. A principal diferença entre o jacaré e o crocodilo também está no focinho. Com a boca fechada, o quarto dente de cada lado do maxilar inferior do crocodilo é maior que os outros e fica aparente, de acordo com o Guia dos Curiosos.

Desse modo, quem vive no Brasil não precisa se preocupar com os crocodilos. Apenas, com os jacarés. Em 1820, o príncipe regente D. João registrou uma cena espantosa. Ele viu um jacaré-de-papo-amarelo parado na areia da praia tomando sol, em uma área entre rios, conta Rodrigues. Até nossos jacarés já foram encontrados na beira do mar, revela. É importante conhecer o comportamento animal para se resguardar e preservar a natureza.

Curiosidades:

 - Entre, aproximadamente, 65 e 2 milhões de anos atrás vivia na bacia amazônica o Purussaurus. Um animal como o crocodilo que atingia 15 metros de comprimento;
 - O crocodilo é parente mais próximo das aves do que de répteis como cobras e lagartos. Isso porque ele cuida dos filhotes após o nascimento e vocaliza. É comum os filhotes chamaram as mães, por exemplo, usando a voz;
 - Os jacarés são naturais das Américas, mas existe uma espécie chinesa;
 - O aquecimento global pode causar problemas populacionais aos jacarés, pois o sexo dos filhotes é determinado pela temperatura de incubação. Dependendo da espécie, graus mais altos geram fêmeas ou machos. Sendo que o nicho térmico de uma ninhada pode dar origem a filhotes de ambos os sexos.


Leia mais sobre: Crocodilos

    Leia tudo sobre: animaiscrocodilos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG