Coordenadores de vestibulares fazem manifesto contra lei de cotas

SÃO PAULO ¿ Coordenadores de vestibular de 28 Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES) enviaram um manifesto à presidência da Câmara de Deputados contra a aprovação do Projeto de Lei 73/1999, que determina a implantação de cotas nas universidades públicas do País.

Redação |

O manifesto foi organizado durante o Seminário de Acesso ao Ensino Superior (SAES) 2008, em Rio Quente, Goiás, em maio deste ano. O documento foi assinado por coordenadores de universidades federais, estaduais e CEFETs.

Segundo o IPES, o documento afirma que a autonomia universitária é um preceito constitucional muito caro às universidades públicas brasileiras e que graças a ela as universidades têm um sistema de ensino, pesquisa e extensão diverso, criativo e reconhecido no mundo inteiro.

Os participantes ressaltam ainda que mais de 50 instituições adotam políticas afirmativas, cada uma adaptada a sua realidade local. Somos todos favoráveis a medidas de ação afirmativa, em nome de um corpo discente mais diverso. Somos também favoráveis a diversidade entre as instituições, na forma de diferentes programas de inclusão, afirmam os coordenadores.

Leia mais sobre: Cotas

    Leia tudo sobre: cotas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG