Conselho paulista de medicina lança campanha em defesa de prova para recém-formados

BRASÍLIA - O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) lança nesta sexta-feira campanha em defesa de um exame nacional obrigatório, como condição para a obtenção do registro profissional de médico nos Conselhos Regionais de Medicina.

Agência Brasil |

Também será lançado o relatório Exame do Cremesp: Uma Contribuição Para a Avaliação do Ensino Médico. Há quatro anos, o Cremesp adota um exame experimental e facultativo para avaliar o desempenho dos estudantes do sexto ano de medicina das escolas médicas de São Paulo.

O índice de reprovação praticamente dobrou desde o primeiro exame, passando de 31% em 2005 para 61% em 2008. As provas mostraram deficiências de formação em áreas essenciais, como pediatria, obstetrícia e clínica médica.

Além dos resultados das quatro edições do exame, será apresentado o estudo O Perfil dos Novos Médicos: Como os Participantes do Exame do Cremesp Avaliam Suas Escolas. Na opinião de 75% dos recém-formados, os cursos de medicina deveriam ser mais exigentes.

Leia mais sobre: Medicina

    Leia tudo sobre: medicina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG