Conferência em Fortaleza discute novo modelo de educação

Edgar Morin, filósofo e sociólogo francês, participará da abertura do encontro que reunirá mil educadores

Agência Brasil |

Fortaleza - Mais de mil educadores são esperados a partir desta terça-feira (21) em Fortaleza para uma conferência internacional que vai discutir os sete saberes para uma educação do presente. O tema é inspirado na obra do filósofo e sociólogo francês Edgar Morin, que participará da abertura do encontro.

Durante quatro dias os participantes vão debater ideias inovadoras sobre educação e os caminhos para tornar a prática pedagógica adequada aos desafios atuais do mundo. O evento é uma iniciativa da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), a Universidade Estadual do Ceará (Uece) e a Universidade Católica de Brasília (UCB).

“A ideia é repensar como se trabalha a educação hoje e romper alguns paradigmas do ponto de vista conceitual e também metodológico”, explica a pró-reitora da Uece, Celina Ellery. Participarão dos debates especialistas de vários países como México, Peru, Argentina, Espanha, Bolívia, França e do próprio Brasil.

Além dos mil participantes que estão em Fortaleza, a organização espera a presença de mais 5 mil educadores que acompanharão o evento em tempo real, em salas de teleconferência no Ceará e em outros estados.

(Amanda Cieglinski, enviada especial. A repórter viajou a convite da organização do evento)

    Leia tudo sobre: encontro de educadoresunescoedgar morinUECE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG