Ninguém sabe se é verdade aquela conversa de que se usássemos todo o potencial de nosso cérebro seríamos capazes das coisas mais absurdas, como mover objetos apenas com a força do pensamento. Mas é fato que esse órgão ainda é uma caixa de segredos, sempre surpreendendo os cientistas que afirmam, com base em estudos, que um homem comum utiliza apenas 3% da sua capacidade cerebral.

Os gênios da história, como Einstein, alcançavam cerca de 10%.
Não desanime! Você, com seus 3% - um pouco mais, um pouco menos ¿ pode exercitar seu cérebro e deixar ele classe A. Para isso, além de sempre buscar conhecer coisas novas, tente quebrar algumas rotinas e mudar seus hábitos.

Estudos da Neurociência, que é a ciência que estuda e mapeia o cérebro, mostram que ele tem uma capacidade enorme de se adaptar e mudar a configuração de suas conexões, e exercitá-lo o mantém ágil e saudável , pois obrigam o órgão a sair do ócio e fazer um esforço extra.

Exercícios para o cérebro

Já experimentou usar o mouse ou escovar os dentes com a mão inversa?

Fatos como estes, que contrariam a rotina com a qual estamos acostumados, são uma excelente maneira de melhorar a coordenação motora, a concentração e até a criatividade.

Portanto, ao brincar com seus amigos de escrever com a mão que não é a que você normalmente usa ¿ se é destro, tente escrever com a esquerda e vice-versa - novas ligações estarão sendo criadas entre seus neurônios, o que aumentará o número de caminhos para o fluxo de informação.

Dicas para turbinar o cérebro:

*Leia muito e sempre. A leitura trabalha diversas regiões cerebrais e além de adquirir novas informações você estará estimulando as áreas visual e verbal;
*Troque de roupa com os olhos fechados;
*Use o relógio de pulso no braço contrário ao que sempre usa,
*Faça o mesmo para escovar os dentes: use a mão contrária;
*Coma alimentos diferentes para estimular o paladar;
*Converse muito com pessoas diferentes;
*Veja fotos de outros ângulos (de cabeça para baixo, por exemplo);
*Faça novos caminhos para ir aos lugares;
*Aproveite que conhece bem a sua casa e experimente andar de trás para frente;
*Faça um curso de dança ou de outra língua;
*E por que não um curso de pintura, que estimula o lado direito do cérebro e libera a criatividade?

A proposta é quebrar de uma vez a rotina e fazer isso com prazer, de maneira divertida. Ria quando tropeçar tentando andar de trás pra frente, mas não se dê por vencido até estar craque.

Essa idéia é tão legal e contagiosa que esta matéria foi escrita com a utilização de mais dedos além dos indicadores e com o mouse na mão esquerda. Agora é sua vez de começar!

Leia mais sobre: Cérebro - raciocício

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.