CNTE convoca paralisação de professores em todo o País nesta terça-feira

SÃO PAULO - A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convocou para esta terça-feira uma paralisação de um dia com todos os profissionais da área pela implementação do piso salarial unificado em todo o País. De acordo com o presidente da confederação, Roberto Leão, apenas 12 Estados brasileiros adotam o valor de R$ 1.312,85, acertado pela lei 11.738/08, que entrou em vigor em janeiro de 2009.

Carolina Rocha, iG São Paulo |

A CNTE não tem noção exata de quantos trabalhadores participarão, mas segundo o presidente da confederação, será um bom dia de paralisação. Vários Estados já confirmaram que vão participar. Em Pernambuco, cerca de 70 municípios confirmaram que participarão, em Santa Catarina também teremos uma boa adesão, São Paulo, por outros motivos, já está paralisado, contabiliza.

Além da paralisação, está prevista para esta terça-feira uma audiência dos representantes do CNTE com o ministro da Educação, Fernando Haddad, e com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) para apresentar novas argumentações contra a ação movida por governadores de cinco Estados contra a lei do piso. A ação ainda não tem data definida para ser julgada.

Pesquisa divulgada em outubro de 2009 apontou que o salário médio dos professores da educação básica praticado no Brasil é de R$ 1.527,00. De acordo com Leão, esta média aponta que houve algumas mudanças no País e que já resultaram em melhoras, mas a situação dos professores ainda este longe do ideal. Além da adoção do piso salarial, a paralisação será para pedir um plano de carreira para os profissionais da área.

    Leia tudo sobre: cnteparalisaçãopiso salarialprofessores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG