Cidade do interior de SP é a melhor em ensino fundamental II

Rio Grande do Norte tem a cidade com a pior nota no índice nesta faixa de educação, segundo o Ideb

Carolina Rocha, iG São Paulo |

Jeriquara, cidade do interior de São Paulo, tem o melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no nível fundamental II de todo o País. O município do norte do Estado, que tinha meta de atingir nota 3,2 neste ano, obteve 6,6, superando até mesmo o que será esperado dela em 2011 (5 pontos). Veja as notas .

A nota da cidade é 2,6 pontos acima da média nacional entre os alunos dos últimos anos do ensino fundamental, que ficou em 4. No Estado de São Paulo, apenas 53 das 645 cidades ficaram abaixo da média.

O Ideb leva em conta a taxa de aprovação escolar nas cidades, além das médias de desempenho no Saeb e na Prova Brasil. O Ministério da Educação, a partir do índice, estabelece metas bienais de qualidade a serem atingidas pelo País, mas também por escolas, municípios e Estados.

Logo atrás de Jeriquara vem São Valentim, no Rio Grande do Sul, que teve nota 6,2, seguida por Pedranópolis, de São Paulo (6,1). Todas elas já atingiram as metas de 2011.

Apesar de o município fluminense de Cambuci ocupar a sexta colocação no ranking nacional, o Rio de Janeiro teve 70% de suas cidades com notas abaixo da média nacional - 63 das 92 tiraram nota menor que 4.

A região Sul obteve resultado melhor. O Rio Grande do Sul teve notas dentro ou acima da média nacional em 69% de suas cidades. Santa Catarina teve 79% de suas cidades com notas igual ou superior a 4. O Paraná teve cerca de 35% de seus municípios com notas inferiores à média.

O Centro-Oeste teve resultado muito menos animador. Em Goiás, das 246 cidades do Estado, 66% não atingiram a nota 4 e no Mato Grosso do Sul a média não foi alcançada por 61 de suas 78 cidades. O Distrito Federal também ficou abaixo da média nacional, com nota 3,9, apenas 0,4 pontos acima do índice de 2007, ocupando a 2608 posição no ranking nacional.

Norte e Nordeste

No lado oposto do ranking está Jardim de Angicos, que fica a 98 km de Natal, no Rio Grande do Norte. Com nota 1,6, a cidade ficou em último lugar na qualidade do ensino fundamental II. O município não atingiu nem mesmo a meta de 2,2 para 2009 e ainda teve uma piora em relação ao Ideb de 2007, quando havia conseguido nota 1,9. A meta também não foi conquistada por outros 58 municípios do Estado.

Os Estados das regiões Norte e Nordeste são os que mais têm cidades com notas abaixo de 4. Em todo o País, 3.098 municípios tiraram nota abaixo da média e, entre eles, 2.046 são das duas regiões. Em Alagoas, nenhuma das 102 cidades conseguiu tirar nota superior à média nacional e 30 delas não atingiram suas metas para 2009. Das 75 cidades de Sergipe, 73 tiveram notas abaixo da média e, destas, 33 não bateram a meta.

A Bahia teve a maior parte de suas cidades com notas inferiores à média nacional. Dos seus 417 municípios, 98% tiraram nota abaixo de 4. As cidades baianas de Jussari, Itatim e Itapitanga, todas com nota 1,8 e abaixo da meta para 2009, só superam Jardim de Angico no ranking nacional.

    Leia tudo sobre: Ideb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG