Cásper Líbero convida professor demitido a reassumir funções

Desligamento de Edson Flosi, que está com câncer, causou protestos de alunos e colegas. Jornalista se nega a voltar

iG São Paulo |

A Fundação Cásper Líbero e a Faculdade Cásper Líbero, tradicional escola de comunicação em São Paulo, convidou o professor Edson Flosi, demitido enquanto estava licenciado das aulas por causa de um câncer , a retornar à instituição. Na semana passada, o desligamento do docente procovou protestos de estudantes. Em solidariedade, o professor e jornalista Caio Túlio Costa pediu demissão da faculdade.

Leia também: Unicastelo propõe reduzir salários em 60% e demite professores

Nesta segunda-feira, em nota, a Cásper Líbero declarou que “em consideração ao trabalho desenvolvido pelo professor Edson Flosi na instituição e atendendo a demanda dos alunos, convida, publicamente, o docente a reassumir suas funções”. A Cáper Líbero agradeceu ainda as manifestações de apoio ao professor, em especial a de Caio Túlio Costa.

Flosi lecionava na Cásper havia 16 anos. Foi repórter por cerca de 30 anos, com passagens pela Folha de S. Paulo e Jornal da Tarde. No dia 13, lançou o livro Por trás da Notícia. Ele está incapacitado de dar aulas, mas exercia funções de assessor da diretoria. Após o convite da Cásper Líbero, publicou em seu Twitter a mensagem "Todo poder aos estudantes!", mas ele se negou a voltar.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: Cásper Liberoprofessor

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG