SÃO PAULO - As bolsas de mestrado e doutorado, concedidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação, e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, serão pagas com reajustes de até 29% a partir do mês que vem.

Comunicados divulgados pelos dois órgãos informam que, em julho, as bolsas de mestrado sobem de R$ 940 para R$ 1,2 mil. Já as de doutorado passam de R$ 1.394 para R$ 1,8 mil.

Segundo a Capes, cerca de 15,5 mil mestrandos e outros 10,4 mil doutorandos recebem bolsas da instituição. O CNPq paga cerca de 8,7 mil bolsas de mestrado e outras 7,8 mil, de doutorado.

O aumento do auxílio pago a pesquisadores havia sido anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em novembro, em seu programa semanal Café com Presidente. Na ocasião, Lula afirmou que o reajuste seria aplicado em março.

Lei mais sobre: Bolsa de estudo - Capes - CNPq

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.