Brasil tem 65 entre 200 melhores universidades da América Latina

USP é primeira e Unicamp terceira colocada geral em ranking inédito que leva em conta critérios regionais

AFP |

O Brasil tem 65 das 200 melhores universidades latino-americanas segundo o primeiro ranking QS de Universidades latino-americanas, publicado nesta semana no site TopUniversities.com . No topo da lista está a Universidade de São Paulo (USP).

Segundo os autores do estudo, por conta do "aumento do investimento público em educação", o Brasil emplacou 65 universidades entre as 200 primeiras da lista, quase o dobro do México (35) e muito mais do que Argentina e Chile (25 cada). As universidades brasileiras adquiriram oito dos dez primeiros lugares em produtividade de pesquisa e tiveram a maior proporção de acadêmicos com doutorado.

Eles destacaram, ainda, que o número de matrículas universitárias triplicou nos últimos 10 anos no Brasil. "A economia brasileira já é a sétima do mundo e a Goldman Sachs previu que superará as de Canadá, Itália, França, Reino Unido e Alemanha nos próximos 20 anos", disse Ben Sowter, chefe de pesquisas do ranking QS.

"Enquanto muitos governos de países desenvolvidos cortam os gastos em universidades, os Bric (Brasil, Rússia, Índia e China) estão investindo grandes quantias de dinheiro na construção de universidades de nível internacional", avaliou o diretor da página TopUniversities.com, Danny Birne, para quem o denominador comum é que todos consideram a educação um "elemento chave" para seu desenvolvimento. Embora, outras análises mostrem que os outros três membros do grupo estão mais avançados em educação.

"Uma educação superior de nível mundial será central para seu desenvolvimento e o novo ranking QS mostra que os investimentos do Brasil já estão começando a colher frutos", acrescentou, em um comunicado.

A classificação é liderada pela Universidade de São Paulo, seguida da Pontifícia Universidade Católica do Chile, em segundo lugar, e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em terceiro.

A primeira instituição de ensino mexicana, a Universidade Nacional Autônoma do México (Unam), apareceu em quinto lugar; em sexto está a primeira de 21 instituições colombianas, a Universidade dos Andes; e a primera da Argentina, a Universidade de Buenos Aires, em oitavo.

Critérios latinos

Nesta primeira edição do ranking regional, o QS se baseou em critérios específicos da América Latina, como a proporção de professores com doutorado, a produtividade de pesquisas per capita e a presença na internet, assim como pesquisas existentes.

Os pesquisadores, no entanto, se questionam se o Brasil poderá chegar a ser a próxima superpotência universitária. No mais recente ranking QS das melhores universidades do mundo 2011, liderado pela primeira vez pela Universidade de Cambridge, no Reino Unido, a , sendo a única instituição de ensino latino-americana entre as 200 melhores do mundo.

Veja as 20 primeiras do ranking :

1 Universidade de São Paulo (USP) - Brasil
2 Pontificia Universidad Católica de Chile - Chile
3 Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) - Brasil
4 Universidad de Chile - Chile
5 Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM) - México
6 Universidad de los Andes - Colômbia
7 Tecnológico de Monterrey (ITESM) - México
8 Universidad de Buenos Aires - Argentina
9 Universidad Nacional de Colombia - Colômbia
10 Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)- Brasil
11 Universidade de Brasília (UnB) - Brasil
12 Universidad de Concepción - Chile
13 Universidad Austral - Argentina
14 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – Brasil
15 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) - Brasil
16 Universidade Estadual Paulista (Unesp) – Brasil

17 Pontificia Universidad Católica Argentina Santa María de los Buenos Aires - Argentina
18 Universidad Nacional de Cordoba - Argentina
19 Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) - Brasil
20 Universidad Nacional de la Plata - Argentina

Outras universidades brasileiras bem posicionadas
:

28 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS)
31 Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)
33 Universidade Federal do Pernambuco (UFPE)
35 Universidade Federal de São Carlos (Ufscar)
37 Pontificia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
38 Universidade Federal do Parana (UFPR)
42 Universidade Federal da Bahia (UFBA)
45 Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Veja a íntegra do ranking

Marcos Santos/USP
Universidade de São Paulo (SP) lidera ranking que utiliza critérios regionais de avaliação

    Leia tudo sobre: ranking de universidadesuspunicamp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG